Lendas de Portugal

MARQUES, Gentil,, Lisboa, Círculo de Leitores, 1997 [1962]

Collected records

Results 1 thru 25
Page 1 of 9       1 | 2 | 3 | 4 | 5 | 6 | 7 | 8 | 9 >

APL 2710
Lenda da Água que Beba Dela

(Volume I, pp. 157-164)
Bobadela, OLIVEIRA DO HOSPITAL, COIMBRA

Silêncio quase absoluto.
Beatriz bordava, sozinha na pequena sala.
Lá fora, a atmosfera pesada punha ameaças de tempestade no cérebro e no coração das gentes. Uma ...

[Unsure / Uncommitted] [Registo escrito Lúdico]

APL 2737
Lenda da Aldeia Nova

(Volume I, pp. 413-418)
Aldeia Nova De São Bento, SERPA, BEJA

O frio daquele último dia de Novembro fustigava a campina alentejana, tão massacrada já pelos rigores de um sol quente de Verão. Ali tudo era em extremo. Calor ...

[Unsure / Uncommitted] [Registo escrito Lúdico]

APL 2703
Lenda da Batalha da Cobra

(Volume I, pp. 87-93)
-, COIMBRA, COIMBRA

Naquele tempo — há muito tempo... — o filho de um rei egípcio saiu do seu país e veio aportar a terras da antiga Lusitânia.
Encontrou vasto campo dispon ...

[Unsure / Uncommitted] [Registo escrito Lúdico]

APL 3000
Lenda da Bela Infanta

(Volume V, pp. 17-21)

A lenda que vamos contar anda na boca do povo, que a recorda e comenta com lágrimas e sorrisos. Pertence ao cancioneiro popular, e alcançou tal agrado, talvez ...

[Unsure / Uncommitted] [Transcrição Oral]

APL 3013
Lenda da Bela Lusitana

(Volume V, pp. 123-127)
-, SEIA, GUARDA

Foi nos montes Hermínios que a Bela Lusitana perpetuou o seu amor numa lenda que ainda hoje se recorda. Chamava-se a jovem camponesa Fórcia, um nome estranho que ...

[Unsure / Uncommitted] [Registo escrito Lúdico]

APL 2824
Lenda da Bela Salúquia

(Volume III, pp. 115-120)
-, MOURA, BEJA

Pois no velho Alentejo dos tempos da moirama, segundo nos conta a tradição, vivia uma formosíssima moura chamada Salúquia, filha do grande e poderoso Abu-Assan, governador de ...

[Unsure / Uncommitted] [Registo escrito Lúdico]

APL 2716
Lenda da Benquerença

(Volume I, pp. 215-219)
Benquerença, PENAMACOR, CASTELO BRANCO

Há histórias populares que valem, na verdade, como símbolos de amizade e de fé. Esta é uma delas. Conta a voz da tradição que existiam outrora no sop ...

[Unsure / Uncommitted] [Registo escrito Lúdico]

APL 2706
Lenda da Bezelga

(Volume I, pp. 119-124)
-, TOMAR, SANTARÉM

Era uma noite de luar. Noite de poesia. Noite de Primavera. Tínhamos parado ali, em caravana alegre e ruidosa. Regressávamos de uma linda festa de jogos florais na ...

[Unsure / Uncommitted] [Registo escrito Lúdico]

APL 2787
Lenda da Bezerra de Monsanto

(Volume II, pp. 219-225)
Monsanto, IDANHA-A-NOVA, CASTELO BRANCO

Nesses tempos que se perdem nos longes da memória, era assim mesmo: o somatório dos anos não cansava os homens que se entregavam abnegadamente à defesa dos seus ...

[Unsure / Uncommitted] [Registo escrito Lúdico]

APL 2769
Lenda da Bilha de São Jorge

(Volume II, pp. 27-31)
Aljubarrota (São Vicente), ALCOBAÇA, LEIRIA

Foi nos primeiros dias de Agosto de 1385. O Sol dardejava o seu sopro de fogo sobre as terras de Portugal e Espanha. Corpos aquecidos e espíritos ardendo em ...

[Unsure / Uncommitted] [Registo escrito Lúdico]

APL 2701
Lenda da Brasília

(Volume I, pp. 71-76)
Escariz (São Martinho), VILA VERDE, BRAGA

Quando hoje em dia se fala em Brasilia, todos pensam imediatamente na nova e esplendorosa capital do Brasil, autêntico milagre de iniciativa e de esforço.
Mas a hist ...

[Unsure / Uncommitted] [Registo escrito Lúdico]

APL 3033
Lenda da Cabana do Remorso

(Volume V, pp. 259-264)
Longroiva, MÊDA, GUARDA

Esta lenda conta-se no concelho de Meda e situam a sua origem numa povoação que é freguesia desse concelho e se chama Longroiva. Diz-se que tudo se passou há muitos ...

[Unsure / Uncommitted] [Registo escrito Lúdico]

APL 3014
Lenda da Cabeça da Velha

(Volume V, pp. 131-137)
Gavieira, ARCOS DE VALDEVEZ, VIANA DO CASTELO

Esta lenda teve origem na serra de Peneda, num lugarejo do mesmo nome, ao norte de Portugal. Diz-se que em tempos que já lá vão existia ali — hoje freguesia ...

[Unsure / Uncommitted] [Registo escrito Lúdico]

APL 2822
Lenda da Campainha de Bronze

(Volume III, pp. 97-101)
Monsanto, IDANHA-A-NOVA, CASTELO BRANCO

Há muito tempo já, governava o castelo de Monsanto um homem duro, resoluto, positivo nas suas acções, mas um tanto descrente das coisas divinas. Como o seu povo tinha ...

[Unsure / Uncommitted] [Registo escrito Lúdico]

APL 2827
Lenda da Caninha Verde

(Volume III, pp. 143-148)
Fataunços, VOUZELA, VISEU

Alguma vez, estimado leitor, já passou pela bonita e pitoresca freguesia de Fataunços, perto de Vouzela, na comarca de São Pedro do Sul, situada nas margens fascinantes do ...

[Unsure / Uncommitted] [Registo escrito Lúdico]

APL 2894
Lenda da Capa Rica

(Volume IV, pp. 325-329)
Costa Da Caparica, ALMADA, SETÚBAL

Há imenso tempo, tanto que a nossa recordação já não consegue alcançar, todos aqueles terrenos da Caparica eram, por assim dizer, quase desertos. De casa a casa ...

[Unsure / Uncommitted] [Registo escrito Lúdico]

APL 2900
Lenda da Casa do Bom Pastor

(Volume IV, pp. 369-372)
-, LISBOA, LISBOA

Corria o ano de 1610 e reinava em Portugal D. Filipe II (terceiro de Espanha). E se em Espanha havia certa confusão na corte em virtude dos altos cargos ...

[Unsure / Uncommitted] [Registo escrito Lúdico]

APL 2839
Lenda da Castelã de Salir

(Volume III, pp. 255-259)
Salir, LOULÉ, FARO

Será a história da origem do nome de uma das mais belas e pitorescas vilas do Algarve, terra de encantamentos. Separada do Alentejo pela ribeira do Vascão, a ...

[Unsure / Uncommitted] [Registo escrito Lúdico]

APL 2840
Lenda da Conquista do Pé Nela

(Volume III, pp. 263-267)
-, PENELA, COIMBRA

Quando el-rei D. Afonso Henriques soube o que se passara, deu largas à sua cólera.
— Pois que é feito dos meus valentes homens de armas, que assim se deixam vencer pelos ...

[Unsure / Uncommitted] [Registo escrito Lúdico]

APL 3029
Lenda da Conversão de Abul

(Volume V, pp. 237-242)
Barbeita, MONÇÃO, VIANA DO CASTELO

Na freguesia de Barbeita existe um cruzeiro em cuja haste está a imagem do apóstolo Sant’Iago, ligada a uma bonita lenda que ainda hoje ali se conta.
 
Em ...

[Unsure / Uncommitted] [Registo escrito Lúdico]

APL 2829
Lenda da Conversão dos Mouros de Trancoso

(Volume III, pp. 161-164)
-, TRANCOSO, GUARDA

Há lendas tão ligadas à nossa História, que dificilmente conseguimos saber onde acaba essa mesma História e começa a Lenda. É o caso, por exemplo, da lenda da ...

[Unsure / Uncommitted] [Registo escrito Lúdico]

APL 2853
Lenda da Cova Encantada

(Volume III, pp. 371-375)
Sintra (São Pedro De Penaferrim), SINTRA, LISBOA

Na serra de Sintra, perto do Castelo dos Mouros, dominando o belo panorama, existe um rochedo que se ergue altivo, como a lembrar ao mundo a sua permanência atrav ...

[Unsure / Uncommitted] [Registo escrito Lúdico]

APL 3041
Lenda da Cristã Enamorada

(Volume V, pp. 323-328)
Vieira Do Minho, VIEIRA DO MINHO, BRAGA

A gente da Vieira do Minho tem sempre lendas para contar. Embora a tradição tenda a morrer lentamente na boca da gente nova destes tempos, os antigos, que sempre ...

[Unsure / Uncommitted] [Registo escrito Lúdico]

APL 2825
Lenda da Dona Branca

(Volume III, pp. 125-130)
Silves, SILVES, FARO

Reinava então em Silves, a velha Chelb de outrora o valente rei mouro Ben-Afan, famoso pela sua inteligência e pela sua coragem.
Diz a lenda que em certa ...

[Unsure / Uncommitted] [Registo escrito Lúdico]

APL 3039
Lenda da Donzela Adormecida

(Volume V, pp. 309-313)
Cavez, CABECEIRAS DE BASTO, BRAGA

Havia frio naquela noite de Inverno, no lugar de Cavez. Matilde ouvia o vento uivar lá fora e arrepiava-se, mais de medo que de frio. Nos lamentos sibilantes da tempestade ...

[Unsure / Uncommitted] [Registo escrito Lúdico]
Results 1 thru 25
Page 1 of 9       1 | 2 | 3 | 4 | 5 | 6 | 7 | 8 | 9 >