Lendas de Portugal

MARQUES, Gentil,, Lisboa, Círculo de Leitores, 1997 [1962]

Collected records

Results 26 thru 50
Page 2 of 9       < 1 | 2 | 3 | 4 | 5 | 6 | 7 | 8 | 9 >

APL 2886
Lenda da Donzela de Santa Eulália

(Volume IV, pp. 259-264)
Santa Eulália, ELVAS, PORTALEGRE

A existência de Santa Eulália não é lenda. Lenda é, sim, a história que vou contar e que deu origem ao nome de uma povoação do concelho ...

[Unsure / Uncommitted] [Registo escrito Lúdico]

APL 3043
Lenda da Donzela Soldado

(Volume V, pp. 339-344)
Garvão, OURIQUE, BEJA

Conta o povo, nas suas histórias amassadas com verdade e fantasia, que em Garvão, no distrito de Beja, existiu em tempos um castelo habitado por um nobre chamado ...

[Unsure / Uncommitted] [Registo escrito Lúdico]

APL 2794
Lenda da Epopeia de Liconimargi

(Volume II, pp. 303-308)
-, LAMEGO, VISEU

Há tanto, tanto tempo, que a memória já não consegue alcançar, perto da actual cidade de Lamego existia uma grande cidade, povoada de gente estranha e invulgar ...

[Unsure / Uncommitted] [Registo escrito Lúdico]

APL 2896
Lenda da Ermida de Vila Chã

(Volume IV, pp. 341-343)
Vila Chã, FORNOS DE ALGODRES, GUARDA

Em certas povoações perto de Fornos de Algodres conta-se uma pitoresca lenda sobre a origem da igreja de Vila Chã.
 
Num pequeno povoado não longe da serra existia ...

[Unsure / Uncommitted] [Registo escrito Lúdico]

APL 2897
Lenda da Estranha Visita

(Volume IV, pp. 345-347)

Embora não se passe em Portugal, esta lenda vive arreigada no espírito do nosso povo. A bem dizer, foi ele que a criou. De modo que tem o ...

[Unsure / Uncommitted] [Registo escrito Lúdico]

APL 3027
Lenda da Fidalga de Branco

(Volume V, pp. 221-226)
Crasto, PONTE DA BARCA, VIANA DO CASTELO

Quem percorreu descansadamente a estrada que liga Braga ao Gerês decerto ouviu falar na «fidalga de branco», esse vulto fantástico e diáfano que aparece em noites de ...

[Unsure / Uncommitted] [Registo escrito Lúdico]

APL 2810
Lenda da Flor dos Montes

(Volume III, pp. 17-22)
Venade, CAMINHA, VIANA DO CASTELO

Foi em Venade que tudo isto aconteceu. Lá, existe um alto penedo de estranha configuração, que logo atrai o olhar de quem por ali passa descuidado. Porém a ...

[Unsure / Uncommitted] [Registo escrito Lúdico]

APL 2734
Lenda da Flor que Nasceu da Lama

(Volume I, pp. 383-389)
Lamas De Orelhão, MIRANDELA, BRAGANÇA

Contam velhos pergaminhos — que ficaram na memória de alguns, os quais por sua vez contaram a outros — que em tempos remotos viviam ali, nas terras por detrás dos ...

[Unsure / Uncommitted] [Registo escrito Lúdico]

APL 2833
Lenda da Fonte Cassima

(Volume III, pp. 191-198)
-, LOULÉ, FARO
Motivos: K525.8.1.,

Mil duzentos e quarenta e nove. Manhã de Primavera. Manhã bonita, cheia de sol, irradiando perfume. Pelos campos do Algarve, vai um verdadeiro festim de luz e de cor...
Mas ...

[Unsure / Uncommitted] [Registo escrito Lúdico]

APL 2852
Lenda da Fonte da Moura

(Volume III, pp. 365-368)
-, SANTARÉM, SANTARÉM

Esta lenda contada por uma senhora do Ribatejo, que a ouviu quando pequenina a sua avó, não indica com precisão o local em que a mesma se passou ...

[Unsure / Uncommitted] [Registo escrito Lúdico]

APL 2836
Lenda da Formosa Helena

(Volume III, pp. 227-232)
Vinhais, VINHAIS, BRAGANÇA

Esta é uma história de Outono. Do suave Outono que, com a eclosão dos frutos, todos os anos torna os anseios de todos nós mais fundos, mais vivos ...

[Unsure / Uncommitted] [Registo escrito Lúdico]

APL 2864
Lenda da Fundação do Convento de Mafra

(Volume IV, pp. 67-71)
Mafra, MAFRA, LISBOA

… Pois conta a História de Portugal que el-rei D. João V, nos seus primeiros tempos de casado, vivia em profunda e estranha melancolia.
Certo dia, a rainha sua ...

[Unsure / Uncommitted] [Registo escrito Lúdico]

APL 2878
Lenda da Fundação do Mosteiro de Alcobaça

(Volume IV, pp. 183-188)
-, ALCOBAÇA, LEIRIA

Foi há mais de oito séculos...
Belo como Apolo chegou o mês de Maio, nesse ano de 1147. Trazia nos olhos o azul do firmamento e nos cabelos ...

[Unsure / Uncommitted] [Registo escrito Lúdico]

APL 3002
Lenda da Galanteria de D. Rodrigo

(Volume V, pp. 35-38)
-, LOULÉ, FARO

Esta lenda é de origem algarvia. Nasceu nos arredores de Loulé, quase junto à vila, num terreno outrora despovoado que hoje se chama Cabeço do Mestre.
Nesse tempo reinava em Portugal ...

[Unsure / Uncommitted] [Registo escrito Lúdico]

APL 2735
Lenda da Gardunha

(Volume I, pp. 395-400)
Idanha-A-Velha, IDANHA-A-NOVA, CASTELO BRANCO

A nossa lenda começa quando Idanha-a-Velha era a mais florescente cidade de Egitânia, a qual foi pátria do famoso rei Vamba. Cobiçada pelos Árabes, várias ...

[Unsure / Uncommitted] [Registo escrito Lúdico]

APL 2773
Lenda da Grande Sertã

(Volume II, pp. 69-75)
-, SERTÃ, CASTELO BRANCO

As lendas são como os bons vinhos: quanto mais velhos, mais saborosos. Assim é o caso da lenda da vila da Sertã, que remonta ao ano 74 antes de Cristo ...

[Unsure / Uncommitted] [Registo escrito Lúdico]

APL 3024
Lenda da Gruta de Peniche

(Volume V, pp. 201-205)
-, PENICHE, LEIRIA

Entre as antigas histórias de amor não são raras aquelas em que os enamorados pertencem a famílias separadas pelo ódio. Daí provém a tragédia ...

[Unsure / Uncommitted] [Registo escrito Lúdico]

APL 2791
Lenda da Guarda

(Volume II, pp. 265-271)
-, GUARDA, GUARDA

Os cavalos batiam impacientes a terra molhada. Tinha chovido inesperada e copiosamente. No alto da serra, os albornozes dos sarracenos formavam uma mancha branca e movediça nesse raiar de ...

[Unsure / Uncommitted] [Registo escrito Lúdico]

APL 2798
Lenda da Heroína do Porto Judeu

(Volume II, pp. 347-352)
Porto Judeu, ANGRA DO HEROÍSMO, ILHA TERCEIRA (AÇORES)

Dia 25 de Julho de 1581. O mar azul e calmo olha com brandura a ilha Terceira do Arquipélago dos Açores. Vê-a menina bonita, mirando-se no espelho ...

[Unsure / Uncommitted] [Registo escrito Lúdico]

APL 2999
Lenda da Jovem Ana Joaquina

(Volume V, pp. 9-13)

O grito de alarme soou. Ceuta ia ser atacada pelo rei de Portugal, cuja fama dizia ter sempre a vitória por companheira. Çala-ben-Çala, embora valente, estremeceu. Receava por ...

[Unsure / Uncommitted] [Registo escrito Lúdico]

APL 2826
Lenda da Lagoa Escura

(Volume III, pp. 135-140)
-, SEIA, GUARDA

Quando em 1881 chegou à serra da Estrela a expedição científica incumbida de fazer a sondagem da lagoa Escura para lhe determinar a profundidade, enorme alvoroço se apossou ...

[Unsure / Uncommitted] [Registo escrito Lúdico]

APL 3038
Lenda da Madalena do Mar

(Volume V, pp. 299-304)
-, FUNCHAL, ILHA DA MADEIRA (MADEIRA)

Mil quatrocentos e cinquenta. Manhã de Janeiro. Funchal
Recém-desembarcado, um homem forte, largo de ombros, de olhos azuis e cabelos alourados, subia devagar as ladeiras da Conceição que ...

[Unsure / Uncommitted] [Registo escrito Lúdico]

APL 2696
Lenda da Maia

(Volume I, pp. 25-30)
Damaia, AMADORA, LISBOA

Maio e Maia — são nomes que têm história. História rendada de lenda e de tradição. História onde a ingenuidade da alma popular se mistura ...

[Unsure / Uncommitted] [Registo escrito Lúdico]

APL 2823
Lenda da Mal-Degolada

(Volume III, pp. 105-110)
Facha, PONTE DE LIMA, VIANA DO CASTELO

Perdem-se na bruma do tempo o dia, o mês ou mesmo o ano em que esta lenda teve origem. Todavia, um nome existe. Um nome que ficou a ser ...

[Unsure / Uncommitted] [Registo escrito Lúdico]

APL 2795
Lenda da Maldição de Naubea

(Volume II, pp. 311-318)

A manhã estava clara. Clara e de calor suave. Como carícia passava a brisa marítima sobre os cabelos de Pacheco Pereira. Mas ele olhava fixamente o porto de ...

[Unsure / Uncommitted] [Registo escrito Lúdico]
Results 26 thru 50
Page 2 of 9       < 1 | 2 | 3 | 4 | 5 | 6 | 7 | 8 | 9 >