Lendas de Portugal

MARQUES, Gentil,, Lisboa, Círculo de Leitores, 1997 [1962]

Collected records

Results 176 thru 200
Page 8 of 9       < 1 | 2 | 3 | 4 | 5 | 6 | 7 | 8 | 9 >

APL 2789
Lenda do Juramento do Condestável

(Volume II, pp. 243-248)
-, SANTARÉM, SANTARÉM

No ar passa um frémito de inquietude. O vento leve e morno levanta a terra poeirenta. Canta uma cigarra algures. Só esse pequeno grito corta o silêncio do ...

[Unsure / Uncommitted] [Registo escrito Lúdico]

APL 2880
Lenda do Manto de Santo António

(Volume IV, pp. 203-207)
-, MONCHIQUE, FARO

De todas as histórias de Santo António que conheço — e são tantas! — escolhi para vos contar uma bem simples e ingénua, mas impregnada de poesia ...

[Unsure / Uncommitted] [Registo escrito Lúdico]

APL 2799
Lenda do Massacre de Bencatel

(Volume II, pp. 357-362)
Bencatel, VILA VIÇOSA, ÉVORA

Foi também durante o reinado de Ramiro II de Leão e Astúrias que teve origem a lenda que vou contar. Nesse tempo, os árabes de Espanha andavam ...

[Unsure / Uncommitted] [Registo escrito Lúdico]

APL 2856
Lenda do Milagre da Nazaré

(Volume IV, pp. 9-14)
Nazaré, NAZARÉ, LEIRIA

O velho rei ergue a cabeça e olha. Olha e pensa. Pensa e revolta-se. Não se conforma com estar ali, quedo e aborrecido, enquanto seu filho Sancho anda ...

[Unsure / Uncommitted] [Registo escrito Lúdico]

APL 2890
Lenda do Milagre das Rosas

(Volume IV, pp. 291-294)
Santa Clara, COIMBRA, COIMBRA

Chegara o mês de Janeiro. Em Coimbra, as casas das monjas de Santa Clara, quase destruídas pelas cheias do Mondego, reconstruíram-se rapidamente. Isso fora possível porque ...

[Unsure / Uncommitted] [Registo escrito Lúdico]

APL 2800
Lenda do Milagre de Ourique

(Volume II, pp. 365-369 )
-, OURIQUE, BEJA

Muito se tem falado, discutido e escrito sobre o já famoso milagre de Ourique. Porém, a nós, interessa-nos apenas o verdadeiro aspecto lendário de cada história ...

[Unsure / Uncommitted] [Registo escrito Lúdico]

APL 2876
Lenda do Monge Arrependido

(Volume IV, pp. 167-170)
-, PORTALEGRE, PORTALEGRE

Há muitos, muitos anos, nos começos do século X, existia ainda uma povoação chamada Portelas, situada no Alto Alentejo, e que era habitada ora por mouros, ora ...

[Unsure / Uncommitted] [Registo escrito Lúdico]

APL 2851
Lenda do Monte da Dor

(Volume III, pp. 357-361)
Carreço, VIANA DO CASTELO, VIANA DO CASTELO

Das várias versões que eu conheço desta lenda, escolho e aproveito para contar a que aprendi em certa viagem saudosa ao Minho.
A sua história dram ...

[Unsure / Uncommitted] [Registo escrito Lúdico]

APL 2731
Lenda do Monte do Trigo

(Volume I, pp. 355-360)
-, SANTARÉM, SANTARÉM

Esta é uma das mais pitorescas histórias do Ribatejo... Uma história passada e vivida na estrada que liga Santarém a Alcanhões...
Decerto muita gente conhece essa estrada ...

[Unsure / Uncommitted] [Registo escrito Lúdico]

APL 2845
Lenda do Mouro do Cabril

(Volume III, pp. 305-310)
Pedrógão Grande, PEDRÓGÃO GRANDE, LEIRIA
Types: 5070,

Foi ali, no Cabril, de tão estranha paisagem, que tudo isto aconteceu.
A Primavera começava a tornar verdes as escarpas e ravinas que pendem sobre o rio Z ...

[Unsure / Uncommitted] [Registo escrito Lúdico]

APL 2768
Lenda do Novo Monte Mor

(Volume II, pp. 19-23)
-, MONTEMOR-O-NOVO, ÉVORA

Ao princípio, é a própria História que nos conta o que se passou nesse ano de 1199... Dera-se o rompimento entre o reino de Leão e o ...

[Unsure / Uncommitted] [Registo escrito Lúdico]

APL 3017
Lenda do Pastor da Corrente de Ouro

(Volume V, pp. 153-157)
Benavila, AVIS, PORTALEGRE

Ouvi esta lenda do Alentejo em pleno Alentejo. Nasceu em Benavila e tem quase tanto tempo como essa mesma vila alentejana.
A ocupação leonesa tomara conta deste belo rinc ...

[Unsure / Uncommitted] [Registo escrito Lúdico]

APL 2870
Lenda do Pastor e da Estrela

(Volume IV, pp. 117-120)
-, SEIA, GUARDA

Sim, o que vamos contar é precisamente a história dum homem que ouviu, um dia, a sua estrela! Era um pobre pastor. Vivia numa aldeia triste e tinha como único ...

[Unsure / Uncommitted] [Registo escrito Lúdico]

APL 2708
Lenda do Pé de Ferro

(Volume I, pp. 139-144)
Santos-O-Velho, LISBOA, LISBOA

Ali estava ele. Desesperado e inquieto. E furioso também. Calcando com a fúria do seu desespero a areia do arruamento, Pêro Gonçalves, homem forte e sadio ...

[Unsure / Uncommitted] [Registo escrito Lúdico]

APL 3037
Lenda do Penedo da Saudade

(Volume V, pp. 291-295)
-, MARINHA GRANDE, LEIRIA

Geralmente, quando se fala no Penedo da Saudade, a nossa imaginação transporta-nos imediatamente ao cenário romântico de Coimbra dos estudantes e das tricanas. Mas a verdade é que ...

[Unsure / Uncommitted] [Registo escrito Lúdico]

APL 2860
Lenda do Peregrino de Santiago

(Volume IV, pp. 41-44)
-, VIANA DO ALENTEJO, ÉVORA

Certa vez, há muitos anos, três cavaleiros da província de Entre-Douro-e-Minho resolveram ir em peregrinação a Santiago de Compostela. Possuíam apenas os seus cavalos e parcos ...

[Unsure / Uncommitted] [Registo escrito Lúdico]

APL 2837
Lenda dos Aloendros

(Volume III, pp. 237-242)
Faro (Sé), FARO, FARO

FARO... a histórica Santa Maria de El Gharb, ou Santa Maria de Ossónoba, e mais tarde apenas Harume, donde lhe vieram por corruptela da linguagem popular os nomes ...

[Unsure / Uncommitted] [Registo escrito Lúdico]

APL 3031
Lenda dos Amores de D. Lopo

(Volume V, pp. 245-248)
-, ELVAS, PORTALEGRE


[Unsure / Uncommitted] [Registo escrito Lúdico]

APL 3036
Lenda dos Amores de D. Martim Gil de Vide

(Volume V, pp. 283-288)
-, CASTELO DE VIDE, PORTALEGRE

A região de Castelo de Vide foi povoada desde remotos tempos. A origem do seu nome conta-a uma lenda romântica que a tradição soube guardar. Uma lenda ...

[Unsure / Uncommitted] [Registo escrito Lúdico]

APL 2732
Lenda do Santo de Má Cara

(Volume I, pp. 363-369)
-, COVILHÃ, CASTELO BRANCO
Types: 931 A,

Manhã bonita, a desfiar-se em luz. Manhã suave, a oferecer esperanças. Manhã tranquila, quase gémea do sonho. Talvez por isso mesmo, o jovem Macário espreitou preguiçosamente ...

[Unsure / Uncommitted] [Registo escrito Lúdico]

APL 2892
Lenda do Santo Milagre

(Volume IV, pp. 307-312)
-, SANTARÉM, SANTARÉM

Em tempos vivia em Santarém — segundo conta a lenda — um casal que se consorciava verdadeiramente por amor. Porém, como o imortal Luís de Camões dissera num ...

[Unsure / Uncommitted] [Registo escrito Lúdico]

APL 2727
Lenda dos Aroches

(Volume I, pp. 311-318)
-, ARRONCHES, PORTALEGRE

No ano 39 da nossa era governava, em Roma, Caio Germano Calígula. O seu carácter doentio e sanguinário só lhe grangeara inimigos. E os que o serviam ...

[Unsure / Uncommitted] [Registo escrito Lúdico]

APL 2874
Lenda dos Corvos de São Vicente

(Volume IV, pp. 153-157)
Sagres, VILA DO BISPO, FARO
Motivos: B451.5.,

Para contar esta lenda teremos de remontar ao tempo en que o rei Rodrigo perdeu a batalha de Guadalete, e os Árabes, vencedores, ocuparam toda a Península Ibérica ...

[Unsure / Uncommitted] [Registo escrito Lúdico]

APL 2832
Lenda dos Dez Outeiros

(Volume III, pp. 181-188)
Aldeia Nova De São Bento, SERPA, BEJA

A lenda que vai seguir-se nasceu na aldeia dos Dez Outeiros. Mas conheci-a já noutra aldeia da mesma freguesia. Estranha, como todas as lendas de mouras encantadas, liga a vida ...

[Unsure / Uncommitted] [Registo escrito Lúdico]

APL 2776
Lenda dos Dois Heróis de Diu

(Volume II, pp. 99-104)

Evoquemos um marco da epopeia dos Portugueses em terras do Oriente.
Chegara o ano de 1546, data que regista na História o segundo cerco de Diu. Havia meses que ...

[Unsure / Uncommitted] [Registo escrito Lúdico]
Results 176 thru 200
Page 8 of 9       < 1 | 2 | 3 | 4 | 5 | 6 | 7 | 8 | 9 >