Literatura da tradição oral do concelho de Vila Real

AA. VV., -,, s/l, UTAD / Centro de Estudos de Letras (Projecto: Estudos de Produção Literária Transmontano-duriense),

Collected records

Results 26 thru 50
Page 2 of 3       < 1 | 2 | 3 >

APL 1711
Lenda dos Tremoços

Mouçós, VILA REAL, VILA REAL
Types: 750 E,

Uma das tradições muito antiga da Bouça era a de vender tremoços à porta da igreja e nas aldeias vizinhas, depois da missa, assim como na cidade nos ...

[Unsure / Uncommitted] [Oral transcription]

APL 1715
Nascimento da aldeia de Ludares

Vale De Nogueiras, VILA REAL, VILA REAL

Segundo dizem os antigos que Ludares nasceu em Ribadegas (fica por trás do alto da serra de Ludares, no fundo da povoação da Garganta).
Ainda lá existe as ...

[Unsure / Uncommitted] [Oral transcription]

APL 1716
Nascimento da aldeia de Vilarinho da Samardã

Vilares, MURÇA, VILA REAL

Conta-se que a aldeia de Vilarinho da Samardã teve origem no lugar dos Vilares. Lugar dos Vilares é um pouco distante daqui, talvez dois quilómetros, situado num local frio e ...

[Unsure / Uncommitted] [Oral transcription]

APL 1710
[Nossa Senhora das Dores e as irmãs]

Ermida, VILA REAL, VILA REAL

Nossa Senhora das Dores tinha duas irmãs e, pelo forte amor que as unia, jurara ficar todas três de modo que se vissem umas às outras. Então ...

[Unsure / Uncommitted] [Oral transcription]

APL 1737
[O Burro]

Mateus, VILA REAL, VILA REAL

Era um burro que ia por Sandeves acima e depois levava um homem a cavalo.
E um dia iam detrás dele p’ra ver s’apanhavam o burro e ...

[Unsure / Uncommitted] [Oral transcription]

APL 1735
[O Cão Fantasma]

Mateus, VILA REAL, VILA REAL

Uma vez, eu vinha da cidade Vila Real e ao chegar aqui ao Lugar do Boque, junto ao Restaurante Mateus, à Jalema, que hoje está lá uma Agência de carros ...

[Unsure / Uncommitted] [Oral transcription]

APL 1730
[O Cavalo na Encruzilhada]

Guiães, VILA REAL, VILA REAL

Um dia estabamos num café, no lugar da fonte, na Freguesia de Guiães e saímos com destino ao nosso leito. E acontece que paramos todos os quatro no ...

[Unsure / Uncommitted] [Oral transcription]

APL 1727
O círio

Justes, VILA REAL, VILA REAL

No largo da feira, um dia de cada mês, passava uma procissão dirigida ao cemitério. Essa procissão era uma mulher de preto com um círio ...

[Unsure / Uncommitted] [Oral transcription]

APL 1736
[O Coelhinho]

Mateus, VILA REAL, VILA REAL

Aqui à porta d’Urros, que é uma casa senhorial, também da d’armas, que aparecia um coelhinho e todas as pessoas que viam esse coelhinho ficavam assustadas, porque diziam que ...

[Unsure / Uncommitted] [Oral transcription]

APL 1745
O cruzeiro da Nossa Senhora d’Agonia

Justes, VILA REAL, VILA REAL

Era uma vez um senhor que vinha duma feira a cavalo num cavalo e chegou a um cruzamento de caminhos. O cavalo nem p’ra trás, nem p’ra ...

[Unsure / Uncommitted] [Oral transcription]

APL 1718
O cruzeiro da Senhora d’Agonia

Justes, VILA REAL, VILA REAL
Types: 3025,

Consta-se que a família dos Fontes, que era uma família muito abastarda (e que ainda tem descendentes na aldeia de Justes) tinham uma mula, e essa mula diz ...

[Unsure / Uncommitted] [Oral transcription]

APL 1719
O cruzeiro de Sanguinhedo

Mouçós, VILA REAL, VILA REAL

Diz a lenda que um indivíduo, desses grandes lavradores, dos maiores lavradores da aldeia, ia-se por aí a fora deitar a água de noite de torna a torna, nos ...

[Unsure / Uncommitted] [Oral transcription]

APL 1740
[O grande gato]

Vilarinho De Samardã, VILA REAL, VILA REAL

Um dia foi esperar as irmãs por volta da meia-noite, uma hora da manhã, que estavam numa carmeada de lã. Esperou, esperou um pouco, quando tal passou por ele ...

[Unsure / Uncommitted] [Oral transcription]

APL 1729
[O Homem Engravatado]

Andrães, VILA REAL, VILA REAL

Andava a minha avó arrancar pedra mais o meu pai no lugar de Belansecos, o Senhor dos Aflitos. Apareceu lá um homem muito bem apresentado, muito boa gravata, e perguntou ...

[Unsure / Uncommitted] [Oral transcription]

APL 1726
O Homem Grande

Constantim, VILA REAL, VILA REAL

Habia um grupo de dez a doze rapazes a estudar aqui. Tínhamos um status quo que nos deixabam fazer tudo.
 Quando chegasse a altura das ubas, os nossos pais ...

[Unsure / Uncommitted] [Oral transcription]

APL 1722
O lobisomem

Justes, VILA REAL, VILA REAL
Types: 4005,

Havia um casal que tinha uma criança. E o marido todas as noites saia sem dizer p’ra onde ia. Ela, quando ele chegava, questionava-o, mas ele deitava-se a ...

[Unsure / Uncommitted] [Oral transcription]

APL 1723
O lobisomem

Nogueira, VILA REAL, VILA REAL

Habia aqui uma casa que era dos duques. Aí, um homem saía de noite. A mulher daba conta que o homem saía de noite.
 Diz-lhe alguém:
 - Sabes ...

[Unsure / Uncommitted] [Oral transcription]

APL 1725
O lobisomem

Parada De Cunhos, VILA REAL, VILA REAL

Em Bisalhães, habia lá um home que tinha lá uma poça munto grande, eram consortes. Despois dezia que binha lá o lobisomem a cabalo num cabalo e ia ...

[Unsure / Uncommitted] [Oral transcription]

APL 1721
O Lobisomem

Campeã, VILA REAL, VILA REAL

Conta-se que, em Chão Grande, Campeã, havia uma família que tinha sete rapazes todos seguidos. Quando acontecia nascer sete rapazes, o sétimo debia ser chamado Adão ...

[Unsure / Uncommitted] [Oral transcription]

APL 1698
O Monte do Clamor

Vale De Nogueiras, VILA REAL, VILA REAL

Antigamente, já há anos muito atrasados, teve sete anos sem chover. E depois as pessoas no Monte do Clamor, pessoas daqui perto e arredores, até vinha d’Amarante, vinham ali ...

[Unsure / Uncommitted] [Oral transcription]

APL 1694
O penedo

Mouçós, VILA REAL, VILA REAL

À volta da aldeia, no caminho de Santa Bárbara, há um penedo muito grande. Diz a lenda que foi Nossa Senhora que o veio pôr ali no sopé da ...

[Unsure / Uncommitted] [Oral transcription]

APL 1695
O penedo de Paramos ou Parambos

Mouçós, VILA REAL, VILA REAL

De donde terá derivado o nome de Sanguinhedo?
Teria havido uma grande batalha e que morreu muita gente e que então houve muito sangue. Daí do sangue vem ...

[Unsure / Uncommitted] [Oral transcription]

APL 1696
O penedo dos homens

Vale De Nogueiras, VILA REAL, VILA REAL

Era uma vez quatro homens e saíram de São Cibrão com discussões, dois diante e dois detrás.
Acabaram por andar um bocado no monte, chegaram ...

[Unsure / Uncommitted] [Oral transcription]

APL 1697
O penedo dos homens

Vale De Nogueiras, VILA REAL, VILA REAL

Houve dois homens que se envolveram em desordem, em aldeias vizinhas p’ra baixo, ali p’ra zona de Andrães, ali pr’aqueles lados.
 Vieram em perseguição um ...

[Unsure / Uncommitted] [Oral transcription]

APL 1693
O Penedo Negro ou Calhau Encantado

Borbela, VILA REAL, VILA REAL

Contavam os velhinhos à lareira quando vinha pr’aqui para férias, para casa dos meus avós, que no cima aqui da serra do Alvão, no lugar por cima ...

[Unsure / Uncommitted] [Oral transcription]
Results 26 thru 50
Page 2 of 3       < 1 | 2 | 3 >