Património Imaterial do Douro - Narrações Orais (contos, lendas, mitos) Vol. 1

PARAFITA, Alexandre,, Peso da Régua, Fundação Museu do Douro, 2007

Collected records

Results 1 thru 25
Page 1 of 3       1 | 2 | 3 >

APL 782
A alma da tecedeira

(194)
Tabuaço, TABUAÇO, VISEU

Um rapaz ficou sem mãe muito cedo. E como não tinha ninguém para acabar de o criar, foi para casa de uma tecedeira que havia aqui no ...

[Unsure / Uncommitted] [Oral transcription]

APL 780
A alma penada no telhado

(192)
Tabuaço, TABUAÇO, VISEU

Havia aí numa casa duas irmãs. Uma casou muito bem, com um velhote que tinha bôs bocados. A outra não. Ficou uma pobre. Conhecíamo-la como a ...

[Unsure / Uncommitted] [Oral transcription]

APL 763
A bruxa dos Cabriz

(166)
Sendim, TABUAÇO, VISEU

Havia nos Cabriz uma mulher que, segundo a lenda, era bruxa e se transformava em cabrita. E quando se transformava, costumava ir para o alto dos Cabriz e por ali ...

[Unsure / Uncommitted] [Oral transcription]

APL 762
A cabrita com olhos de gente

(166)
Sendim, TABUAÇO, VISEU

Conta-se que, desviado da aldeia de Cabriz, já perto do rio Távora e dos castelos que se avistam lá, uma vez um pastor viu uma cabrita a olhar muito ...

[Unsure / Uncommitted] [Oral transcription]

APL 764
A criada chupada por uma bruxa

(167)
Sendim, TABUAÇO, VISEU

Com as bruxas, o povo aqui costuma ter muito cuidado. Acha-as perigosas. Numa ocasião, em casa de meus pais havia uma criada que, de manhã, aparecia sempre com umas ...

[Unsure / Uncommitted] [Oral transcription]

APL 755
A eira onde as bruxas se vão esfregar

(157)
Sendim, TABUAÇO, VISEU

Sempre ouvi dizer aos mais antigos que na Eira do Monte, que pertence a Paradela mas fica entre dois caminhos, ali à saída de Sendim, é onde as bruxas se v ...

[Unsure / Uncommitted] [Oral transcription]

APL 750
A estrela que fez espantar o cavalo

(153)
Paradela, TABUAÇO, VISEU

Antigamente, íamos buscar palha e lenha para a zona onde está a Eirinha do Pinhal e sentávamo-nos lá, naquela fraga, a descansar. Víamos então umas pegadas na ...

[Unsure / Uncommitted] [Oral transcription]

APL 777
A fonte da Casa dos Santos

(184)
Sendim, TABUAÇO, VISEU

No pátio da Casa dos Santos [Sendim] há uma fonte onde sempre correu água. Conta-se que apenas secou uma vez. Foi assim:
 Trabalhava naquela casa uma mulher muito m ...

[Unsure / Uncommitted] [Oral transcription]

APL 757
A Fraga do Tambor

(160)
Sendim, TABUAÇO, VISEU

A meio da encosta da serra de Sendim, entre esta povoação e o Alto do Facho, encontra-se a Fraga do Tambor. Hoje já está meia destruída, mas era ...

[Unsure / Uncommitted] [Oral transcription]

APL 795
[A fuga da imagem de Nossa Senhora]

(211)
Távora, TABUAÇO, VISEU

Our Lady of Delights (Prazeres), also known as Our Lady of Calfao, was the patron saint of a chapel - now a ruin - standing on a small hill near Tavora. She ...

[Unsure / Uncommitted] [Citation/Quote]

APL 752
A lenda da espada enferrujada

(155)
Sendim, TABUAÇO, VISEU

No lugar de S. Mamede, em Paradela, há um cabeço e por baixo dele uma gruta, onde o povo costuma dizer que existe um tesouro encantado, guardado pelo Diabo ...

[Unsure / Uncommitted] [Oral transcription]

APL 758
A lenda das opas brancas

(161)
Sendim, TABUAÇO, VISEU

Havia aqui na aldeia um senhor que não acreditava nada nas coisas da igreja. A mulher, essa era muito religiosa. Ele não. E só gostava de andar de ...

[Unsure / Uncommitted] [Oral transcription]

APL 760
A lenda dos castelos dos Cabriz (A)

(163)
Granja Do Tedo, TABUAÇO, VISEU

[D. Thedon e D. Rausendo] fizeram mais uma fortificação a modo de arraiais, com sebes tecidas e terraplanadas, donde rebatiam o ímpeto dos Mouros, dividindo-se de tal maneira, que ...

[Unsure / Uncommitted] [Citation/Quote]

APL 736
A menina e as feiticeiras

(140)
Barcos, TABUAÇO, VISEU

Eu ainda conheci uma senhora que em menina era levada pelas feiticeiras. E a madrinha foi quem teve de lhe quebrar o fado.
 Era uma menina que foi baptizada, mas ...

[Unsure / Uncommitted] [Oral transcription]

APL 791
A moura da Ponte do Fumo

(204)
Barcos, TABUAÇO, VISEU

Junto ao rio Távora, na Ponte do Fumo, há a fraga da Moura. Contavam os antigos que a ponte foi feita pelos mouros numa só noite e que depois ...

[Unsure / Uncommitted] [Oral transcription]

APL 749
A Pedra do Cavalo

(153)
-, TABUAÇO, VISEU

A ocidente da velha povoação [Paradela], a Pedra do Cavalo, com inscrições rupestres, diz estarmos em presença dum monumento megalítico, mas sem dados, por enquanto, seguros ...

[Unsure / Uncommitted] [Citation/Quote]

APL 728
A procissão das luzes em Sabroso

(131)
Barcos, TABUAÇO, VISEU

À volta da igreja de Sabroso havia lá procissões de noite. Chegavam à porta principal, faziam a vénia e tornavam a seguir. Quem dizia isso eram os que iam p ...

[Unsure / Uncommitted] [Oral transcription]

APL 779
A quem pertence a santa?

(189)
Sendim, TABUAÇO, VISEU

Esta capela [de Santa Luzia] toda a vida foi de Sendim. Mas os de Arcos diziam que não, que estava no meio dos terrenos da freguesia deles e que ...

[Unsure / Uncommitted] [Oral transcription]

APL 747
A roupa branca de Ardínia (A)

(152)
Granjinha, TABUAÇO, VISEU

Conta-se que, noutros tempos, antes da construção da albufeira, quando as águas do rio Távora no Inverno subiam para as margens, cobriam uma grande rocha que lá havia ...

[Some Belief] [Oral transcription]

APL 748
A roupa branca de Ardínia (B)

(152)
-, TABUAÇO, VISEU

[A lenda de Ardínia] tanto sugestionou os povos destes sítios que ainda hoje há quem afirme ter visto na noite de S. João roupa estendida num rochedo ...

[Some Belief] [Citation/Quote]

APL 770
As bruxas na Quinta do Rato

(172-173)
Sendim, TABUAÇO, VISEU

O meu avô nasceu numa quinta que está hoje abandonada ali adiante. Chamam-lhe a Quinta do Rato. E viveu lá com a avó dele, que se chamava Vitória.
 Nesse ...

[Unsure / Uncommitted] [Oral transcription]

APL 781
As dívidas da alma penada

(193)
Tabuaço, TABUAÇO, VISEU
Types: 4020,

Isto das almas que não têm sossego lá no outro mundo não é coisa para brincadeiras. Vou-lhe contar agora o que se passou com o meu segundo homem ...

[Unsure / Uncommitted] [Oral transcription]

APL 738
[As flores do túmulo do padre]

(144)
Granja Do Tedo, TABUAÇO, VISEU

No lugar de Cima [em Granja do Tedo] está a capela da Senhora do Socorro, toda ladrilhada de cantaria, e no meio dela uma grande lápide com a inscri ...

[Unsure / Uncommitted] [Citation/Quote]

APL 756
[A torre dos tesouros]

(159)
Pinheiros, TABUAÇO, VISEU

Houve ali [Pinheiros] outrora um castelo ameado, cujas ruínas ainda se conservam no sítio chamado Torre. É crença arreigada nos moradores de Pinheiros que dentro do antigo castelo ...

[Unsure / Uncommitted] [Citation/Quote]

APL 737
Avança, cavalo, rio Tedinho!

(143)
Granja Do Tedo, TABUAÇO, VISEU

Era um rei que ia a cavalo para atravessar o rio. Só que o rio ia de monte a monte. Quer-se dizer, ia muito cheio. Mas ele, como o queria ...

[Unsure / Uncommitted] [Oral transcription]
Results 1 thru 25
Page 1 of 3       1 | 2 | 3 >