Tarouca, Folclore e Linguística

CAMPOS, Beatriz C. D.,, Tarouca, Câmara Municipal de Tarouca / Escola Preparatória de Tarouca, 1985

Collected records

Results 1 thru 25
Page 1 of 2       1 | 2 >

APL 24
A barroca encantada

(18)
-, TAROUCA, VISEU

Conta-se que em Vila Pouca de Salzedas, no Monte da Cavaleira, vivia uma moura encantada cujo palácio ficava debaixo de uma barroca. Para ninguém conseguir entrar no seu ...

[Some Belief] [Oral transcription]

APL 15
Ainda o «encanto” da senhora das necessidades

(12)
-, TAROUCA, VISEU
Motifs: C420.2.,

A capela da Senhora das Necessidades já é do tempo dos mouros. Dizem que numa parede há uma pia cheia de ouro. Só consegue encontrá-la quem sonhar três noites ...

[Some Belief] [Oral transcription]

APL 9
Ainda o “encanto” de leirós

(8)
Ucanha, TAROUCA, VISEU

Minha mãe e minha sogra contavam que havia um encanto em Leirós e o povo dizia: “Leirós, bom tesouro está em vós”.
 Aparecia lá uma menina ...

[Some Belief] [Oral transcription]

APL 17
A pedra da moura

(13)
-, TAROUCA, VISEU
Motifs: C542.,

No lugar a que chamam Pedra da Moura, existe uma mina e diz-se que ninguém lá pode entrar porque no fundo está cheia de mosquitos. No caso de algu ...

[Some Belief] [Oral transcription]

APL 43
As bruxas lavadeiras

(37)
-, TAROUCA, VISEU

O meu pai e o meu primo foram a Carrazedo buscar azeite. À entrada da povoação viram muitas mulheres a lavar roupa num tanque:
 Bom dia, senhoras. Isto é que s ...

[Convinced Belief] [Oral transcription]

APL 33
A vingança das bruxas de vila pouca

(28-29)
-, TAROUCA, VISEU

Em Eira Queimada havia um homem que era muito maroto em solteiro.
 Vinham aqui à missa raparigas de Vila Pouca de Salzedas e constava que duas delas eram bruxas.
 Diziam que ...

[Convinced Belief] [Oral transcription]

APL 40
Avó, bruxa e maltusiana

(33)
-, TAROUCA, VISEU

Um casal tinha muitos filhos, mas, na véspera do baptizado, depois de estar a despesa da cerimónia toda feita, eles morriam sem se saber de que doença ...

[Some Belief] [Oral transcription]

APL 39
Bruxa por cabrito

(32)
-, TAROUCA, VISEU

Uma mulher vinha do trabalho e encontrou um cabritinho cheio de frio.
 — Tens frio? Anda cá que eu levo-te no meu avental. Levou-o para casa e fez uma fogueira para ...

[Some Belief] [Oral transcription]

APL 26
Bruxas em forma de patas

(24)
-, TAROUCA, VISEU
Motifs: G275.12., G211.,

Types: 3055,

“O meu pai contava que um homem tinha umas certas horas de água para regar. Uma noite estava no campo a tapar a água da poça. Foi deitar-se numa ...

[Convinced Belief] [Oral transcription]

APL 42
Bruxas na família

(36-37)
-, TAROUCA, VISEU

Dois almocreves andavam com os seus burros a vender milho.
 Numa das terras por onde passaram pediram colheita numa casa e lá pernoitaram. A certa altura da noite acordaram e ...

[Some Belief] [Oral transcription]

APL 38
Bruxas vingativas

(32)
-, TAROUCA, VISEU

Uma mulher tinha uma filha a quem as bruxas queriam fazer mal. Elas combinaram entre si que haviam de matar a menina, mal a mãe a deixasse sozinha em ...

[Some Belief] [Oral transcription]

APL 35
Chamas enfeitiçadas

(30)
Granja Nova, TAROUCA, VISEU

O meu marido vinha da vindima, à noite, com um rancho de homens e mulheres. Quando chegaram ali, ao pé da capela da Senhora da Graça, veio uma fogueira t ...

[Convinced Belief] [Oral transcription]

APL 31
Feitiço no alambique

(27)
Ucanha, TAROUCA, VISEU

O meu marido foi fazer aguardente a um alambique. Como às vezes acontecia, teve que lá pernoitar. O quarto não tinha janelas. A certa altura acordou surpreso com tudo ...

[Convinced Belief] [Oral transcription]

APL 29
Feitiço no picarnel

(26)
-, TAROUCA, VISEU

This happened to me. Are you laughing? You say there are no such things? Hm?...  I was never faint-herted. It happened to me and to Armindo. Once we threw the ...

[Convinced Belief] [Oral transcription]

APL 44
Galinha por bruxa

(38)
-, TAROUCA, VISEU

Umas mulherzinhas moravam no Alto da Costa e iam ao carvão a Várzea da Serra para vender em Lamego. Esperavam os almocreves cá em baixo, junto da fonte ...

[Some Belief] [Oral transcription]

APL 7
“leirós, leirós, muito dinheiro há em vós”

(8)
Tarouca, TAROUCA, VISEU

No lugar de Leirós, na Ucanha, há uma espécie de túmulo onde se diz que está enterrado um tesouro. Quem sonhar três vezes e tiver coragem ...

[Unsure / Uncommitted] [Scientific written text]

APL 46
Lenda da fundação do mosteiro de s. joão de tarouca

(254)
-, TAROUCA, VISEU

Quando os monges de França pediram ao rei para lhes deixar fazer um convento, logo receberam autorização e o primeiro sítio onde começaram a fazê-lo ...

[Unsure / Uncommitted] [Scientific written text]

APL 28
Malefício na encruzilhada

(25)
-, TAROUCA, VISEU

Aí pelo dia 23 de Dezembro, devia ser meia-noite, eu ia daqui, de Eira Queimada, para Gouviães. Para encurtar caminho, meti por um atalho. Chego acolá acima, numa encruzilhada ...

[Convinced Belief] [Oral transcription]

APL 36
O almocreve e as bruxas

(30-31)
Granja Nova, TAROUCA, VISEU

Era um almocreve que dava pancada na mulher, que era uma coisa doida. Andava por lá e quando chegava a casa — coitadinha! — aguentava ali quantas ele lhe desse!...
 Certa noite ...

[Unsure / Uncommitted] [Oral transcription]

APL 20
O calhau do sino

(15)
-, TAROUCA, VISEU

“Eu escutava dizer à minha avó que andava uma pastorita, ali por cima, a fiar. Deixou cair o fuso e tocou um sino. Foram lá cavar e encontraram um sino enorme ...

[Convinced Belief] [Oral transcription]

APL 45
O calhau dos santos

(253)
-, TAROUCA, VISEU

Eu fui criado com a minha avó e ouvia a dizer que havia ali uma capelinha, onde as pessoas se chamavam, e havia quem visse a Senhora. As pessoas come ...

[Convinced Belief] [Oral transcription]

APL 22
O “encanto” da casa enterrada

(16)
Granja Nova, TAROUCA, VISEU

Alguém sonhou que havia uma casa debaixo da terra, no lugar dos Vales, Granja Nova. Ficou com tanta vontade de ver se o sonho era verdade que foi l ...

[Some Belief] [Oral transcription]

APL 10
O “encanto” da fonte das mouras

(9)
Ucanha, TAROUCA, VISEU

“Há aqui na Ucanha, abaixo da capela, uma fonte que está tapada:
Antes de a taparem, houve uma pessoa que sonhou que havia lá uma gamela cheia de ouro. Mas ...

[Some Belief] [Oral transcription]

APL 14
O encanto da senhora das necessidades

(12)
-, TAROUCA, VISEU
Motifs: C331.,

Diz-se que quem sonhasse três vezes seguidas com a mesma coisa devia ir à Senhora das Necessidades (em Vila Pouca / Quintela), sem olhar para trás. Veria, então, uma ...

[Some Belief] [Oral transcription]

APL 8
O “encanto” das nogueiras

(8)
Salzedas, TAROUCA, VISEU

 “Havia ali em cima, nas Nogueirinhas, uma mina que ia ter ao cemitério. Dizem que havia lá um encanto. O meu padrinho foi lá tirar uma “moedas” porque uma ...

[Some Belief] [Oral transcription]
Results 1 thru 25
Page 1 of 2       1 | 2 >