O medo do Fojo

APL 1098

A minha mãe diz que a casa da minha tia do Fojo, das Cimadas, noutro tempo, tinha uma varandinha e qu’ela ia pra lá dormir com as filhas. No Verão fazia muito calor e estendia-se lá uma manta ou duas e dormiam lá. E diz que também de noite passava lá “aquilo” p’la rua abaixo e qu’ela um dia foi espreitar e qu’era uma carrada de mato de lés a lés da rua, de um lado ao outro, com grande lambança.

Source HENRIQUES, Francisco Contos Populares e Lendas dos Cortelhões e dos Plingacheiros Vila Velha de Rodao, Associação de Estudos do Alto Tejo, 2001 , p.128-129

Year1990

Place of collection-, PROENÇA-A-NOVA, CASTELO BRANCO

CollectorFrancisco Henriques (M)

InformantMaria dos Anjos Henriques (F),

Narrative

When XX Century, 90s

BeliefUnsure / Uncommitted

Classifications