A Pedra da Encantada

APL 1333

Há muitos anos atrás as searas e as vinhas dominavam as terras mais baixas da Graciosa e só nas serras e pontos mais altos havia pastagem para animais.
 Um dia um pastor regressava de ver o seu gado. Tinha-se demorado mais do que pensara e já era meia-noite, mas, porque a lua estava muito clara, caminhava à vontade. Vinha mais ou menos a meio da Canada da Serra, quando avistou uma rapariga muito bonita, sentada em cima de uma pedra à beira do caminho. Parecia uma verdadeira fada. Os olhos muito castanhos e os dentes imaculados destacavam-se no rosto alvíssimo, levemente rosado. Mesmo sentada via-se que era alta, delgada e com porte de princesa.
 Naquele lugar tão longe, àquela hora, não podia ser uma rapariga do lugar. Era a Encantada, a rainha da Serra, que tinha saído do seu palácio para ver o panorama que se desfrutava ali da Serra das Fontes.
 A lua iluminava tudo. Para o lado do nascente podia ver-se o Monte da Ajuda, sobranceiro à Vila de Santa Cruz. Para oeste estendiam-se as povoações das Dores, Bom Jesus, Calhau Miúdo, Vitória. Para um lado, as pedras negras que formavam os currais das vinhas; para o outro, campos verdes e muitas searas já a dourar. Mais próximo, mesmo aos pés, o lugar das Fontes com as suas casinhas brancas, o largo, o Império do Espírito Santo.
 O pastor parou e ficou embevecido, olhando a paisagem e a rapariga sentada na pedra.
 Entretanto a lua começou a declinar, despediu-se devagarinho, aos poucos, e com o último raio desapareceu também a Encantada em direcção à Serra.
 Mas a pedra ali ficou à espera de outra noite de lua muito clara em que a Encantada lá se viesse sentar. E a essa pedra, que se achava a meia distância da Canada da Serra, chamava-se Pedra da Encantada.

Source FURTADO-BRUM, Ângela Açores: Lendas e outras histórias Ponta Delgada, Ribeiro & Caravana editores, 1999 , p.166-167

Place of collection Santa Cruz Da Graciosa, SANTA CRUZ DA GRACIOSA, ILHA DA GRACIOSA (AÇORES)

Narrative

When XX Century, 90s

BeliefUnsure / Uncommitted

Classifications