Aviz

APL 1495

Um grupo de cavaleiros decide fundar um convento no local onde vêem duas águias no topo de uma azinheira, por considerarem esta visão um bom presságio. 

Estando Evora, e muitas terras em redor, livres dos mouros, resolveu o rei (D. Affonso II) vendo que os cavalleiros ficavam longe da fronteira dos infiéis, que elles buscassem um sitio mais proximo d’ella, para fundarem o seu convento. Convieram os cavalleiros n’isso, e indo em procura de sitio que lhes agradasse, chegando em frente da villa de Viamonte, viram voar d’uma azinheira, onde tinham seu ninho, duas aguias; o que tiveram por bom agouro, e alli decidiram estabelecer-se.

Source PINHO LEAL, Augusto Soares d'Azevedo Barbosa de Portugal Antigo e Moderno Lisbon, Livraria Editora Tavares Cardoso & Irmão, 2006 [1873] , p.tomo I, p. 282

Place of collection Avis, AVIS, PORTALEGRE

Narrative

When XII Century,

BeliefUnsure / Uncommitted

Classifications