A Jaleca

APL 1545

Benjamim, homem de Avis, era lobisomem. Um dia um camponês viu um burro e como estava com calor tirou a jaleca e meteu-a em cima do burro. Nisto este abalou a fugir. No outro dia o camponês entrou na loja do Benjamim e viu a sua jaleca. Benjamim entregou-lha e disse: ‘Nunca se meta, nem com quem está, nem com quem vai, seja pessoa ou seja animal’.

Source DUARTE, Joaninha A Luz da Cal ao Canto do Lume Lisbon, Colibri, 2009 , p.266

Place of collection Cabeção, MORA, ÉVORA

InformantCustódia Maria Prates Dórdio (F), 79 y.o., Cabeção (MORA) ÉVORA,

Narrative

When XXI Century,

BeliefUnsure / Uncommitted

Classifications