[A procissão junto ao cemitério]

APL 1732


Uma vez o avô da dona Maria Angelina Rainho binha de Saudel em direcção a Lamares. Chegou perto do cemitério, biu uma procissão de padre, aliternas e pessoal. Biu dar a bolta ao cemitério, deram volta lá dentro e no fim apagou-se tudo.
E ele se não binha embriagado ficava lá porque teve medo.

Source AA. VV., - Literatura da tradição oral do concelho de Vila Real s/l, UTAD / Centro de Estudos de Letras (Projecto: Estudos de Produção Literária Transmontano-duriense),

Place of collection Lamares, VILA REAL, VILA REAL

InformantMaria Angelina Rainho (F), 68 y.o., Lamares (VILA REAL) VILA REAL,

Narrative

When XX Century, 90s

BeliefUnsure / Uncommitted

Classifications