Lenda de uma Moura Encantada

APL 1820

Era nesta terra algarvia, que é Loulé, que muitas são as lendas de Mouras encantadas. Pois há muitos anos passados, vivia cá nesta terra um senhor do Norte, dono de uma Quinta. Quinta essa que por sinal se chamava Quinta do Pombal, que ficava muito próxima da fonte das Mouras, nos subúrbios desta vila. Esse senhor costumava ir sempre cedo para casa. Mas, um dia, talvez por descuido, deixou-se atrasar e, ao chegar perto do portão de sua casa, dava as badaladas da meia-noite no cimo da Igreja. Qual foi o seu espanto, ao ver em cima do muro, junto ao portão, uma senhora toda vestida de branco. Assustado grita:
 - Quem está lá?
 Não teve resposta alguma.
 Torna a chamar, e resposta também não teve nenhuma. Ora, como andava sempre armado, puxou da arma e pô-la em posição de fogo. Ao mesmo tempo que se aproxima, apanha uma grande pancada na cabeça e o que é certo é que nem ele contou o que é que se tinha passado, com essa senhora. Só que as pessoas da vila daí por diante começaram a dizer, depois dele morrer, ao fim de algum tempo que era uma moura encantada.

Source AA. VV., - Arquivo do CEAO (Recolhas Inéditas) Faro, n/a,

Year1998

Place of collection Loulé (São Sebastião), LOULÉ, FARO

CollectorMónica Lopes (F)

InformantSales Lopes (M), 46 y.o., born at Faro (Sé) (FARO) FARO,

Narrative

When XX Century,

BeliefUnsure / Uncommitted

Classifications