Lenda da Senhora do Almurtão

APL 1859


 A Senhora do Almurtão é a Santa da maior devoção aqui de Idanha-a-Nova. E a lenda que vou reproduzir, o mesmo que já a minha mãe me contou e pessoas mais velhas, e, dentro da Idanha toda a gente conhece esta lenda. — A Senhora do Almurtão, fica no cimo de um cabeço, a ermida, e foi construída no século XVII. Conta-se que nessa época, portanto século XVI / XVII, andava um pastorinho por ali a apascentar as suas ovelhas, e andava no meio da murta que há por ali (é uma planta que dá umas bagas pretas) que ainda hoje lá há bastantes. E na sua ingenuidade lhe apareceu uma bonequinha, como ele lhe chamava, com quem ele brincava todos os dias, e à noite contava aos pais, que havia uma menina que ia brincar com ele, mas que era pequenina.
 E tantas vezes ele contou isso, que um dia a mãe pediu-lhe para ele levar a tal dita menina ou bonequinha como ele dizia, para eles terem a certeza se era verdade o que ele estava a dizer. O pastorinho lá chegava e conversava com a menina, e ele dizia-lhe que a metia no sarrão (que é a bolsa onde levavam a merenda, feita dum… da pele do animal) mas quando chegava a casa, nunca encontrava a dita bonequinha pra mostrar à mãe. E tantas vezes isto aconteceu que os pais começaram por acreditar no que ele dezia, e os vizinhos e isso tudo. E então, toda a gente ia a querer ver essa bonequinha, que ele tinha lá no meio da murta. Mas nunca ninguém a conseguiu ver, mas, o povo acreditou nele, e nessa altura resolveram fazer uma ermida onde puseram essa dita bonequinha, como ele a descreveu. Foi então essa imagem que ainda hoje nós veneramos.

Source AA. VV., - Arquivo do CEAO (Recolhas Inéditas) Faro, n/a,

Year1997

Place of collection Idanha-A-Nova, IDANHA-A-NOVA, CASTELO BRANCO

CollectorSusana Farropas (F)

InformantBernarda Lopes Lourenço (F), 67 y.o., Idanha-A-Nova (IDANHA-A-NOVA) CASTELO BRANCO,

Narrative

When XVII Century,

BeliefUnsure / Uncommitted

Classifications