A Bruxa

APL 1915

Uma vez, uma bruxa andava por lá a passear; mas passou-se-lhe a hora de recolher a casa e foi para uma fonte onde ficou transformada numa galinha.
 Um grupo de rapazes foi beber água e viram-na lá. Apanharam-na e levaram-na a uma taberneira que a arranjasse para a comerem.
 Mas, passando aquele período de encantamento, a galinha voltou a ter corpo humano.
 A taberneira, quando foi para a agarrar, em vez dela, encontrou uma mulher. Muito admirada, comentou:
 - Então, puseram aqui uma galinha, e estás cá tu?
 - Estou porque sou bruxa e, como já passou a hora do encantamento, agora sou uma mulher como qualquer outra...
 Os rapazes, quando iam para comer a galinha, ouviram da taberneira a seguinte observação:
 - Então que galinha é que me trouxeram vocês? Está cá, mas é uma mulher!
 Foram vê-la e, como eles já a conheciam, ficaram assim a saber que era bruxa.

Source AA. VV., - Arquivo do CEAO (Recolhas Inéditas) Faro, n/a,

Place of collection Ferro, COVILHÃ, CASTELO BRANCO

CollectorMaria da Ascensão Rodrigues (F)

Narrative

When XX Century,

BeliefUnsure / Uncommitted

Classifications