A lenda da Floripes

APL 2012

A Floripes era uma deusa encantada que estava no mar, nos rochedos e ao pé da praia, na areia. A minha avó contava-me quando eu era pequenina que haviam pescadores que quando iam à pesca aqui em Olhão, no mar, depois quando eles vinham de barco para a terra, depois estava lá uma deusa que parecia tipo sereias. Então essa deusa tinha o poder de encantar os pescadores e desafiava-os também. A minha avó contava-me que houve uma vez um pescador foi à pesca e depois viu quando vinha para casa a deusa, a Floripes disse-lhe para ele ir para debaixo de água com ela que ela preparava-lhe uma grande surpresa e o pescador tinha um bocado de medo, porque a Floripes era metade humana, metade peixe, era tipo as sereias, por isso é que era uma deusa. Então o pescador ficou com um bocado de medo e não quis ir para debaixo de água com ela e então fugiu. É nisso que se fala da Floripes, que ela era uma deusa encantada que desafiava os pescadores, e depois estes  ficavam com medo.

Source AA. VV., - Arquivo do CEAO (Recolhas Inéditas) Faro, n/a,

Year2006

Place of collection Olhão, OLHÃO, FARO

CollectorPaulo Mesquita (M)

InformantInês Azevedo (F), 20 y.o., Olhão (OLHÃO) FARO,

Narrative

When XX Century,

BeliefUnsure / Uncommitted

Classifications