A lenda da Costureirinha

APL 2013

E então, a lenda da costureirinha dizia que havia uma menina que era muito pobrezinha e que o pai e a mãe dela morreram num acidente. Depois uma senhora que era da rua dessa menina, teve pena dela, já que, a menina era muito boazinha, passava fome e andava mal vestida. Então essa senhora disse à menina para a menina ir para sua casa que cuidava dela e em troca disso ela ajudava na lida da casa, arrumava a casa, fazia a comida e costurava. Então todas as pessoas da rua diziam que ela era muito boazinha, só que essa senhora que a acolheu explorava a menina. Um dia a menina adoeceu e acabou por morrer, tinha uma doença muito grave que na altura ainda não havia cura. Como já disse, a menina costurava muito lá em cima, no andar de cima, no sótão. Tinha uma máquina de costura e fazia as costuras para a família.
 No dia em que a menina morreu, houve uma vizinha que ouviu a menina a costurar, depois da menina já ter morrido continuavam a ouvir o barulho da máquina de costura e da tesoura a bater na mesa de madeira da máquina. Então conta-se que isso era a menina a fazer costura para que ninguém mais se esquecesse dela, para que a presença dela ficasse sempre presente nas pessoas.
 Por acaso lembro-me quando era mais nova, uma vez estava na casa da minha avó (que também é costureira) e a minha avó depois ouviu bater a tesoura na mesa de madeira, ficou muito assustada e disse-me que era a menina costureira porque ela acredita nisso. Depois contou-me e passei também a acreditar.

Source AA. VV., - Arquivo do CEAO (Recolhas Inéditas) Faro, n/a,

Year2006

Place of collection Olhão, OLHÃO, FARO

CollectorPaulo Mesquita (M)

InformantInês Azevedo (F), 20 y.o., Olhão (OLHÃO) FARO,

Narrative

When XX Century,

BeliefUnsure / Uncommitted

Classifications