A lenda de Sintra (versão 2)

APL 2061

Eu ouvi esta lenda a uns amigos meus onde eles me contaram que três rapazes, ou melhor, uma rapariga e dois rapazes, foram passear por Sintra. Um deles, o que ia a trás, no banco de trás ia a filmar todas as estradinhas, todas as ruazinhas em Sintra, até que se...mais á frente avistam uma rapariga a pedir boleia, uma rapariga de cabelos longos a pedir boleia! Eles até ficaram naquela, não sabiam se haviam de dar ou não, porque podia ser perigoso, mas lá decidiram... pararam o carro e a rapariga entrou e o rapaz que ia a conduzir perguntou-lhe: “ então para onde a menina quer ir?” , ela assim: “Ah não, deixa estar que é já ali à frente, eu já te digo onde é que é”, tudo bem, andou cinco, dez minutos de carro e ela nada, não dizia onde é que queria parar!!! Até que ele decidiu: “então onde é que é?” e ela disse-lhe: “olha é já aqui à frente”, iam-se aproximando duma curva e ela disse: “foi mesmo aqui que eu morri!!!”, o rapaz que ia atrás a filmar. De repente, volta a câmara para ela e ela está completamente desfigurada.
 Eles têm um acidente, quando vão retirar os corpos essa rapariga, essa tal rapariga da boleia já não...já não estava no carro, a rapariga que ia à frente com o rapaz a conduzir são... morreram, e o rapaz que ia atrás a filmar simplesmente não se lembra de nada, não se recorda de nada.

Source AA. VV., - Arquivo do CEAO (Recolhas Inéditas) Faro, n/a,

Year2006

Place of collection Portimão, PORTIMÃO, FARO

CollectorAna Miquelino (F)

InformantMara Alexandra Espinho (F), 20 y.o., Portimão (PORTIMÃO) FARO,

Narrative

When2000

BeliefUnsure / Uncommitted

Classifications