“Costureirinha”

APL 2094

Na maré da Páscoa assim, na quinta feira da Ascensão, na quinta feira Santa, e então era uma senhora que costurava. E então, costurava sempre de noite e de dia, era de noite e de dia que ela costurava, e as pessoas diziam-lhe: “não sejas teimosa, olha que tu qualquer dia Deus castiga-te”. E ela: “então eu tenho falta de trabalhar, tenho de trabalhar”.
 Mas Deus Nosso Senhor não se importou, ela começa a costurar, a costurar, a costurar, Deus Nosso Senhor castigou-a. E então agora todos os anos na maré da páscoa ela aparece, pronto. Aparece sempre a costurar, até se ouve a máquina. Trrrrr... assim.

Source AA. VV., - Arquivo do CEAO (Recolhas Inéditas) Faro, n/a,

Year2006

Place of collection Alvalade, SANTIAGO DO CACÉM, SETÚBAL

CollectorJoana Caetano (F)

InformantDilar Madeira (F), 71 y.o., born at Alvalade (SANTIAGO DO CACÉM) SETÚBAL,

Narrative

When XX Century,

BeliefUnsure / Uncommitted

Classifications