O ovo de ouro

APL 2118

Isto aconteceu na... com uns parentes do meu marido, portanto antigos, e julgo que ainda no tempo da monarquia que... uma avó ou tipo tetravó, isso já desconheço o parentesco, mas bastante longínquo que era parteira na altura e tinha, e fazia os partos ao domicílio. Foi chamada de madrugada por um coche que lhe parou à porta. Procuraram-na para ela ir fazer um parto sem lhe dizer aonde, nem a quem. E, então ela chegou ao coche, vendaram-lhe os olhos, meteram-lhe no coche e ela foi levada a essa casa, pensa ela. E aí assistiu a uma menina que teve um... desconheço o sexo do bebé e quando lhe...
 E, correu o parto bem, e voltaram a levá-la a casa novamente vendando-lhe os olhos e… quando ela chegou a casa… vivia em Carvoeiro, portanto bem no alto do penhasco do Carvoeiro. Era de famílias piscatórias. Ela depois saiu do coche, tiraram-lhe a venda e (isto tudo de madrugada, ainda noite), e deram-lhe, passaram-lhe para a mão uma pedrinha, uma pedrinha. Ela aceitou, mas quando lhe tocou, achou estranho e ficou frustrada com a recompensa que lhe fizeram, e atirou para o chão. Mas depois quando entrou em casa, voltou atrás e trouxe um candeeiro a petróleo, ou lá o que fosse, e foi, procurar o sítio onde tinha atirado a pedra, encontrou então a brilhar aquela pedrinha, era uma espécie de um ovinho. E esse ovinho, depois ela trouxe-o e foi verificá-lo e era de ouro maciço, uma pedrinha, com o qual eles fizeram a casa, e depois aumentaram. E portanto foi esta a história que eu soube, que foi verdadeira e foi contada pela minha, sogra. Isto já lhe contava os avós dela. Portanto bastante longínquos. E esta a história não sei se lhes interessaram ou não e pronto, ok.

Source AA. VV., - Arquivo do CEAO (Recolhas Inéditas) Faro, n/a,

Year2001

Place of collection Carvoeiro, LAGOA, FARO

CollectorLiliana Silva (F)

InformantMaria Luisa Costa (F), 67 y.o., born at - (LISBOA) LISBOA,

Narrative

When XX Century,

BeliefUnsure / Uncommitted

Classifications

TypesChristiansen 5070 Midwife to the Fairies