A lenda da Imaculada Conceição de Montemor-o-Novo

APL 2130

Nossa Senhora existe numa ermida, lá no alto, numa colina e onde há um ermitão e a mulher que tomam conta da capela.
 Ah... era hábito e ainda hoje é, com a fé das pessoas vão e oferecem pelas promessas, oferecem muito ouro a Nossa Senhora.
 Nossa Senhora está carregada de ouro, e então quer dizer que um dia era aí coisa de meia noite, ah..., era coisa de meia noite e um, uma carreta com os bois, que naquela altura, naquela altura não havia carros, não de usavam os carros e foi uma junta de bois com uma carreta p’ra com quatro gatunos, p’ra levarem Nossa Senhora por causa do ouro.
 Ah... estavam a carregar nossa Senhora, só o tempo que tiveram foi pôr Nossa Senhora em cima do carro, os sinos começaram a tocar com uma grande força, sem ninguém os mexer, pois sem ninguém os tocar.
 O marido e a mulher que estavam a descansar, ou seja, o ermitão, ouviram os sinos a tocarem porque quem os tocava eram eles, e eles estavam deitados, ninguém lá ia mexer. E então começaram, pois, muito assustados e saltaram da cama e vieram espreitar a ver o que é que estava a acontecer, por causa dos sinos estarem a tocar.
 E então quer dizer que chegaram lá e viram Nossa Senhora em cima da carreta, os ladrões abalaram, não tiveram tempo de levar nem Nossa Senhora nem o ouro, abalaram a fugir e eles viram que a porta da capela estava arrombada e Nossa Senhora estava em cima da carreta para ser levada, mas não a chegaram a levar porque não tiveram tempo, porque por milagre de Nossa Senhora, os sinos tocaram.

Source AA. VV., - Arquivo do CEAO (Recolhas Inéditas) Faro, n/a,

Year1998

Place of collection-, MONTEMOR-O-NOVO, ÉVORA

CollectorElsa Baptista (F)

InformantJosefina Machado (F), 80 y.o., - (MONTEMOR-O-NOVO) ÉVORA,

Narrative

When XX Century,

BeliefUnsure / Uncommitted

Classifications