[A lenda da Fonte do Clero]

APL 2163

É uma fonte, chamam-lhe a Fonte do Clero, é uma fonte e atão ‘tá lá uma rapariga encantada. O esp’rito do marinheiro, numa noite de S. João, dizem que as pessoas encantadas, saem fora do encante. Já lá a viram, diziam uns (as pessoas a mentirem aos novos), mas diziam que haviam lá pessoas que já a tinham visto lá a pintiar-se de manhã num moinho de S. João na fonte do Clero. Mas tamém ainda ninguém se astreveu a tirar, porque o encante é... As minas, se a gente sonhar com as minas, as minas não é difícil de tirar-se. Na tem lá problemas nenhuns a gente sonhar, odepois explica-se como é que, a gente há-de fazer e nã tem lá problema. Agora o encanto…

Source AA. VV., - Arquivo do CEAO (Recolhas Inéditas) Faro, n/a,

Year1997

Place of collection Nossa Senhora Do Bispo, MONTEMOR-O-NOVO, ÉVORA

CollectorFabiola Lopes (F)

InformantCustódia Correia (F), 74 y.o., Nossa Senhora Do Bispo (MONTEMOR-O-NOVO) ÉVORA,

Narrative

When XX Century,

BeliefUnsure / Uncommitted

Classifications