Lenda da Serra da Mina (Versão A)

APL 526

Conta a lenda que antigamente havia uma cobra gigante, na Serra da Mina, que se situa junto ao Sobral. Essa cobra comia os pastores e as ovelhas. Ora, uma noite, os pastores juntaram-se todos e combinaram ir matá-la na noite seguinte. Quando chegou a hora marcada, juntaram-se com paus a arder e foram lá à da cobra gigante que estava a dormir ao pé de uma azinheira, e puxaram fogo à roda da cobra. Quando ela acordou já era tarde e foi logo para cima da árvore. Quando o fogo subiu a árvore, ela queimou-se e caiu cá para baixo; e como estava a arder, dava silvos tão fortes que se ouviam de Moura a Aroche. O óleo do seu corpo correu pela serra abaixo e até se diz que no sítio onde ela morreu nunca mais nasceu nenhuma erva, nem flores, nem nenhum ser vivo.

Source LOPES, António Ferreira Contos e Lendas Populares e de Transmissão Oral na Serra da Adiça, in: Arquivo de Beja, vol. XIV, serie III Beja, Câmara Municipal de Beja, 2000 , p.72

Place of collection Sobral Da Adiça, MOURA, BEJA

CollectorCarlos Rita (M)

InformantAntónia Soares (F), 60 y.o., Sobral Da Adiça (MOURA) BEJA,

Narrative

When XX Century, 90s

BeliefUnsure / Uncommitted

Classifications