Lenda das Amendoeiras

APL 84

É muito antiga esta lenda das amendoeiras e foi atribuida a muitas regiões. Parece que tem a sua origem mais remota na Pérsia, país tradicional de campos de amendoeiras e de gentileza. No entanto, ela surge também na Turquia e no Próximo Oriente. Em Espanha ela foi atribuída às cidades de Córdova e de Sevilha, em relação com Al-Mu’tamid. Mais exactamente, aplicada aos amores de Al-Mu’tamid e de Romaiquia, tudo indica que foi referida a Silves. E esse o parecer da distinta investigadora espanhola Rubiera Mata, que procurou enquadrá-la com maior rigor interpretativo.
 Uma princesa nórdica morreria de saudades por não ver a neve, paisagem própria da sua terra: Para lhe agradar, um rei do sul que a raptara teria mandado cobrir os campos de amendoeiras cujas flores alvas lhe lembrariam a neve.

Source DOMINGUES, J. D. Garcia Silves, guia turístico da cidade e do concelho [Faro], Região de Turismo do Algarve, 1989 , p.61

Place of collection-, SILVES, FARO

CollectorJ. D. Garcia Domingues (M)

Narrative

When XX Century, 80s

BeliefConvinced Disbelief

Classifications