[As flores do túmulo do padre]

APL 738

No lugar de Cima [em Granja do Tedo] está a capela da Senhora do Socorro, toda ladrilhada de cantaria, e no meio dela uma grande lápide com a inscrição seguinte:
 Sepultura do P. José Francisco, Abade de S. Cosmado, fundador desta capela: faleceu no ano de 1646 aos 4 dias do mês de Fevereiro.
 (…)
 É tradição que na sepultura daquele virtuoso abade nasceram, muito anos, flores brancas em volta da lápide que a cobre, donde concluíram todos que o homem era santo e devia estar o seu corpo inteiro; e, para se certificarem, foram ali numa noite alguns vizinhos e ergueram a tampa, mas nem vestígios do cadáver encontraram.
 Dizem mais, que depois de na mesma sepultura enterrarem outro padre, não mais rebentaram as flores.

Source PARAFITA, Alexandre Património Imaterial do Douro - Narrações Orais (contos, lendas, mitos) Vol. 1 Peso da Régua, Fundação Museu do Douro, 2007 , p.144

Place of collection Granja Do Tedo, TABUAÇO, VISEU

InformantPatrício Lusitano (M),

Narrative

When XIX Century, 70s

BeliefUnsure / Uncommitted

Classifications