A cesta de carvão

APL 1027

Nos tempos que já lá vão, os pastores que andavam a apascentar os seus rebanhos na fonte do Mouro, perto do Lugar de Santa Bárbara em Ventuzelos, diziam ver ao longe gentes estranhas e muita roupa branca estendida sobre a erva dos prados. Mas quando os pastores se aproximavam, tudo desaparecia.
Certo dia uma mulher estava a guardar as suas ovelhas, quando de repente viu uma mulher que se aproximou pedindo-lhe leite para os filhos, que em troca lhe daria uma cesta com alguma coisa de valor lá dentro. A pastora aceitou a troca e a mulher desconhecida recomendou-lhe que não olhasse para dentro da cesta sem chegar primeiro a casa, nem olhasse para trás. Se não cumprisse, o que estava na cesta transformar-se-ia em carvão.
E foi o que de facto sucedeu, pois a pastora foi demasiado curiosa e espreitou para dentro da cesta antes de chegar a casa. O que viu foram pedaços de carvão. Voltou-se para trás a querer protestar, mas a mulher tinha desaparecido.

Source AA. VV., - Literatura Portuguesa de Tradição Oral s/l, Projecto Vercial - Univ. Trás -os-Montes e Alto Douro, 2003 , p.ME16

Year2000

Place of collection-, CHAVES, VILA REAL

CollectorOdete Jesus (F)

InformantElvira Alves (F), - (CHAVES) VILA REAL,

Narrative

When XX Century, 90s

BeliefUnsure / Uncommitted

Classifications