A Cobra que tinha asas

APL 2490

Eu, nos meus tempos de moça, quando era mais nova, ouvia contar, ali no morgado quando se vai para Vilamoura, havia uma cobra, muito grande, diziam que era tão velha que até criou asas. E as pessoas tinham medo de lá passar, que houve alguém que viu ela voar de um caminho para o outro.
Mas eu não cheguei a ver, cheguei lá a passar depois, mas pronto, não cheguei a ver nada, não sei se é verdade se não, mas havia quem dissesse que a tinha visto.

Fonte Biblio AA. VV., - Arquivo do CEAO (Recolhas Inéditas) Faro, n/a,

Ano2007

Place of collection Albufeira, ALBUFEIRA, FARO

ColectorAndreia Pacheco (F)

InformanteMaria Gertrudes Dias (F), 73 y.o.,

Narrativa

When XX Century,

CrençaUnsure / Uncommitted

Classifications