A fraga da Moura de Sobreiró de Cima

APL 3770

Diz-se que perto de Sobreiró de Cima, num monte que fica entre esta povoação e a de Lagarelhos, no concelho de Vinhais, há a Fraga da Moura. Há até uma quadra que diz:

“Sobreiró, terra tão linda,
Tão linda não deve haver!
E lá na fraga da Moura
Há um tear a tecer!”

    Conta-se que um rapaz de Sobreiró de Cima ia a passar no monte e encontrou no chão um cordão de ouro. Agarrou nele e pôs-se a enrolá-lo, a enrolá-lo, e foi fazendo um novelo. Só que o cordão nunca mais acabava. E como a dada altura já era grande e pesado de mais, o rapaz vai e corta-o. Nesse instante, o cordão ficou negro como carvão. E apareceu-lhe então uma rapariga desconhecida, que lhe disse:
    — Ah, ladrão, que me dobraste o encanto!
    Dito isto desapareceu. Dizem-se que se ouve ali, em certos dias, o barulho de um tear. E a tecedeira é ela, só que ninguém a consegue ver.

Fonte Biblio PARAFITA, Alexandre A Mitologia dos Mouros: Lendas, Mitos, Serpentes, Tesouros Vila Nova de Gaia, Gailivro, 2006 , p.384-385

Ano1999

Place of collection Sobreiró De Baixo, VINHAIS, BRAGANÇA

InformanteGraciano Augusto Morais (M), 81 y.o.,

Narrativa

When XX Century,

CrençaUnsure / Uncommitted

Classifications