[A Fraga da Tecedeira]

APL 3522

Há lenda da moura encantada e de tesouros encantados em Agrobom [concelho de Alfândega da Fé], no sítio chamado Fontaínhas, onde aparece a moura a tecer em tear de oiro na manhã de São João, e por isso chamam ao sítio Fraga da Tecedeira e ainda Mourim. O tesouro consta de um lagar de oiro.
    Diz a lenda que para o desencantar já lá foi um padre com o povo fazer esconjuros e rezas. Apareceu o diabo escarnanchado na ponta do peso do lagar, declarando como que violentado e com a horrenda cara de quem é:
    — O tesouro aqui está. Onde queredes que vo-lo apresente?
    Tudo fugiu aterrado e o diabo desapareceu com o lagar, sem mais haver notícia dele.

Fonte Biblio PARAFITA, Alexandre A Mitologia dos Mouros: Lendas, Mitos, Serpentes, Tesouros Vila Nova de Gaia, Gailivro, 2006 , p.202

Place of collection Agrobom, ALFÂNDEGA DA FÉ, BRAGANÇA

ColectorFrancisco Alves (M)

Narrativa

When XX Century,

CrençaUnsure / Uncommitted

Classifications