A fraga do cavaleiro

APL 3553

Há em Freixedelo, no concelho de Bragança, uma fraga a que o povo chama a “Fraga do Cavaleiro”. Diz-se que, há muitos e muitos anos, se ouvia ali, nos dias 1, 2 e 3 de Maio, um tear a trabalhar e que aparecia uma menina muito bonita. E que esta menina, depois de aparecer na forma de gente, transformava-se em serpente.
    Por isso nem todas as pessoas tinham coragem de ir lá. E conta-se que uma vez um cavaleiro famoso não disse nada a ninguém e foi lá nos três dias. Ao terceiro dia, viu então a menina, e a ela se dirigiu. Ela disse-lhe que se ia transformar numa serpente e que, se ele não tivesse medo, ficava muito rico. Mas o cavaleiro, quando a viu transformar-se, teve medo. Dizem que por ter medo lhe dobrou o encanto e, por isso, desde aí nunca mais ninguém a voltou a ver nem ouviu bater o tear.

Fonte Biblio PARAFITA, Alexandre A Mitologia dos Mouros: Lendas, Mitos, Serpentes, Tesouros Vila Nova de Gaia, Gailivro, 2006 , p.223

Ano2000

Place of collection-, BRAGANÇA, BRAGANÇA

InformanteMaria José Santos Salgueiro (F), 35 y.o.,

Narrativa

When XX Century,

CrençaUnsure / Uncommitted

Classifications