A Lenda da Semana Santa

APL 1826

Como sabemos, na semana santa que é altura de guardarmos, pronto não podemos caiar nem pintar, nem fazer certos serviços, pelo menos até quinta e sexta-feira, são dias grandes de guarda e os antigos guardavam isso e transmitiam aos filhos. (Hoje isso já não sucede.) Mas então, (ah, para trás) existia uma rapariga que não acreditando naquilo que as amigas lhe diziam, para guardar esses dias, ela continuava a fazer: a caiar, a pintar, a lavar que são coisas que não se devem fazer e calhou um desses dias que ela quis mexer as suas mãos, os seus pés, as suas pernas e ficou paralítica. De maneira que aí se diz, guardar sempre esses santos dias.

Fonte Biblio AA. VV., - Arquivo do CEAO (Recolhas Inéditas) Faro, n/a,

Ano1998

Place of collection Olhão, OLHÃO, FARO

ColectorSandra Gonçalves (F)

InformantePepita de Sousa (F), 71 y.o., Olhão (OLHÃO) FARO,

Narrativa

When XX Century,

CrençaUnsure / Uncommitted

Classifications