A lenda do fantasma que pede boleia

APL 2052

O que ouvi dizer e que me contaram é que havia uma rapariga na zona de Albufeira que teve um acidente de mota com o namorado numa curva logo a seguir à discoteca Kadoc... Ah, dizem que ela morreu e o namorado ficou gravemente ferido! E o que as pessoas costumam dizer é que: depois da sua morte a rapariga costuma aparecer na Kadoc a pedir boleia.

E numa noite dois rapazes deram-lhe boleia e quando chegaram ao local do acidente, àquela tal curva, ela diz: foi aqui que eu morri!!! Logo de seguida desaparece! Ah... desaparece, mas esquece-se do seu casaco no carro dos rapazes, no dia seguinte esses rapazes vão á procura dela (pronto) a casa dela e batem á porta e aparece uma senhora, a mãe da rapariga. Eles dizem que estiveram com a filha na noite anterior na Kadoc e deram-lhe boleia, mas que ela se esqueceu do casaco no carro deles e (pronto) que querem devolver o casaco... mas a mãe da rapariga diz-lhes que é impossível, e que a filha já morreu a algum tempo. Pronto, é assim que eu conheço esta lenda.

Fonte Biblio AA. VV., - Arquivo do CEAO (Recolhas Inéditas) Faro, n/a,

Ano2006

Place of collection São Brás De Alportel, SÃO BRÁS DE ALPORTEL, FARO

ColectorAna Miquelino (F)

InformanteAna Raquel Silva (F), 19 y.o., born at São Brás De Alportel (SÃO BRÁS DE ALPORTEL) FARO,

Narrativa

When XX Century,

CrençaUnsure / Uncommitted

Classifications