A Lenda do Noitel

APL 1786

É que aqui há tempos vinham aqui os feirantes do Alentejo e então era um dia de feira e vieram os feirantes e veio junto com eles um pobre que era aleijado, vinha com umas muletas e então na noite, como sabe, aquilo era um alpendre, hoje é que está em igreja, era um alpendre que tinha um crucifixo e então os pobres iam lá dormir e então o Noitel que era um homem do Alentejo foi lá pernoitar e por essa “noite afora” ouviu uma voz que disse: “levanta-te e anda” e ele levantou-se e andou; e então no outro dia ele foi ter com os companheiros e ficou tudo admirado porque se tinha feito um milagre. E essas muletas haviam aí o lado da igreja de Santo Cristo onde havia uma casa onde é que estavam pessoas para cuidar na igreja, e acho que foi uma dessas pessoas que queimaram essas muletas e o nome da Lenda é a lenda do Noitel, portanto que aquilo lá é o largo do Noitel. E então depois vinha aqui muita gente, muita gente, e até os marinheiros vinham aqui antes de ir para o mar.

Fonte Biblio AA. VV., - Tradição Popular Algarvia Faro, Direcção Geral de Educação de Adultos, s/d , p.Lendas

Place of collection Olhão, OLHÃO, FARO

InformanteErcília do Carmo (F), Olhão (OLHÃO) FARO,

Narrativa

When XX Century,

CrençaUnsure / Uncommitted

Classifications