A Mina de Ouro

APL 896

Há muito tempo, em Cornes, havia uma mina que estava coberta por fortes matagais. Constava-se que lá estava escondido muito dinheiro, prata e ouro.
 Ora soube-se, um dia, que um rapaz, o filho da casa a quem pertencia a propriedade onde estava a mina, foi para o monte com as ovelhas. Ele já tinha ido para ali muitas vezes anteriormente, mas, apesar de já ter escutado o que o povo dizia sobre a mina, nunca lá tinha encontrado alguma coisa. O certo é que gostava de ir para aquele sítio, porque ali a erva era fresca e as ovelhas depressa fartavam.
 Mas naquele dia, ao chegar junto da mina, encontrou uma menina muito bonita junto à porta da mina!
 - A menina que está aqui a fazer? — perguntou o moço.
 - Estou aqui encantada!... Você quer casar comigo — disse a menina perante a surpresa do rapaz.
 - Está bem! Quero!
 - Então vai depressa a casa buscar dois cestos vazios, sem mesmo nada!
 O moço lá foi, correndo pelo monte abaixo até casa, onde pegou em dois cestos e voltou para perto da menina. Ao chegar junto dela, ela mandou-o entrar para dentro da mina. Quando ele entrou, ficou encantado com o que viu: muito ouro e muitas jóias!
 O rapaz tinha conseguido desencantar a moura! Levou a moura para casa, e juntos carregaram os dois cestos de ouro. Logo de seguida prepararam a boda e, com grande festa, celebraram o casamento.

Fonte Biblio CAMPELO, Álvaro Lendas do Vale do Minho Valença, Associação de Municípios do Vale do Minho, 2002 , p.215

Place of collection Cornes, VILA NOVA DE CERVEIRA, VIANA DO CASTELO

InformanteRosa Maria Rebelo (F), Cornes (VILA NOVA DE CERVEIRA) VIANA DO CASTELO,

Narrativa

When XX Century, 90s

CrençaUnsure / Uncommitted

Classifications