[A Moura Encantada do Souto da Velha]

APL 2289

Um homem foi beber água a uma fonte, aonde lhe veio ter um fio de ouro à boca; o homem foi-o dobando no braço, e, como era muito comprido e pesado, quebrou-o para o levar melhor. Imediatamente ouviu uma voz lá no fundo da fonte a chamá-lo infeliz, desgraçado que não soubera aproveitar a fortuna; e o ouro sumiu-se-lhe todo.

Fonte Biblio VASCONCELLOS, J. Leite de Contos Populares e Lendas II Coimbra, por ordem da universidade, 1966 , p.795

Place of collection Penedono, PENEDONO, VISEU

Narrativa

When

CrençaUnsure / Uncommitted

Classifications