A mulher e o mouro

APL 1155

Em tempos idos quando uma mulher vinha da missa, viu um mouro a correr e foi atrás dele. O mouro entrou para uma gruta, ela espreitou e viu um cofre.
 A mulher fugiu dali mas ficou com aquilo na ideia, e voltou lá no dia seguinte. Entrou, mas apenas lá estava o mouro e disse: “O cofre tinha ouro e era para ti, mas não o levaste e agora ficas sem ele, e desapareceu fazendo uma luz forte.

Fonte Biblio MOURA, José Carlos Duarte Histórias e Superstições na Beira Baixa Castelo Branco, RVJ editores, 2008 , p.14

Place of collection Pampilhosa Da Serra, PAMPILHOSA DA SERRA, COIMBRA

Narrativa

When XX Century, 90s

CrençaUnsure / Uncommitted

Classifications