A Mulher Morta

APL 2222

Uma lavadeira trabalhava na quinta-feira do Corpo de Deus e foi punida de morte, tendo sido o seu cadáver encontrado na Ribeira da Mulher Morta (Mexilhoeira Grande). Ainda agora ao meio-dia se ouve, a bastante distância, o bater da roupa nas pedras.

Fonte Biblio VASCONCELLOS, J. Leite de Contos Populares e Lendas II Coimbra, por ordem da universidade, 1966 , p.604

Place of collection Mexilhoeira Grande, PORTIMÃO, FARO

InformanteJosé Joaquim Nunes (M),

Narrativa

When XX Century,

CrençaUnsure / Uncommitted

Classifications