A Senhora do Livramento

APL 3516

Segundo a lenda, a origem da arruinada Ermida da Senhora do Livramento é a seguinte: conta-se que, há muitos anos, existiu um jovem pastor que guardava o seu rebanho num monte situado a cerca de três quilómetros para norte da aldeia de São Francisco da Serra, perto de Grândola.
    Certo dia, conversando com um pastor amigo, este disse-lhe que o cabelo de uma cabra podia transformar-se em cobra. E indicou-lhe a forma de o conseguir.
    Cheio de curiosidade, o pastor pensou logo em fazer a experiência. Introduziu um cabelo de cabra num canudo de cana, e todos os dias lá deitava umas gotas de leite.
    Passado algum tempo aconteceu o que o pastor esperava: o cabelo tinha-se transformado em cobra. Desde então, o rapaz todos os dias ordenhava uma cabra para alimentar aquele animal por quem sentia muito carinho, visto ter-lhe dado vida.
    A cobra foi crescendo e passou a andar em liberdade pelos matos da serra. Mas bastava o pastor chamá-la por meio de um «assobio quadrado», para ela, por mais longe que estivesse, rastejar imediatamente para o seu benfeitor, a fim de tomar a sua refeição de leite.
    Chegando à idade do serviço militar, o pastor teve de ir cumprir o seu dever, deixando o rebanho e a amiga cobra que tinha criado.
    Passado alguns anos, regressou à terra. Para matar saudades, foi um dia passear para os sítios onde dantes apascentava o rebanho. Levava um amigo e contou-lhe a história da cobra, e o companheiro achou que era mentira.
    — Não acreditas? Então vais ver! Se ela andar por perto, vai já aparecer.
    E soltou o costumado assobio.
    Ao ouvir o sinal, a cobra dirigiu-se para o local onde estavam os dois homens. A cobra crescera muito, e o espectáculo era apavorante! O mato, por onde ela passava, tremia todo. Quando a cobra chegou à frente do pastor, como não havia leite, tentou atacá-lo.
    Este disse para o amigo:
    — Não temos nada para nos defender a não ser esta varinha que aqui está. Se Nossa Senhora me livrar e eu for capaz de matar a serpente, mandarei aqui construir uma ermida que será dedicada a Nossa Senhora do Livramento.
    Dizendo isto, deu com a vara na cobra, que morreu imediatamente.

Fonte Biblio FRAZÃO, Fernanda Passinhos de Nossa Senhora - Lendário Mariano Lisboa, Apenas Livros, 2006 , p.116-117

Place of collection São Francisco Da Serra, SANTIAGO DO CACÉM, SETÚBAL

Narrativa

When XX Century,

CrençaUnsure / Uncommitted

Classifications