A Torre de Dona Chama

APL 2229

Disse-se que aquela ou esta vila tomara o nome de Torre pela torre que nela havia no castelo que falámos e… acrescentar-se Dona Chama se conta e dizem os homens de noticia que fora por ser esta torre e vila de uma grande senhora gentia, no tempo em que os Mouros residiam nestas terras, chamada Dona Chamorra; e que, sendo inclinada ilicitamente aos cristãos, mandava chamar aqueles de melhor perfeição e os metia na torre para satisfazer o seu apetite, e, para que a não fossem descobrir, não tornavam mais a sair por lhe fazerem conhecer o mundo da verdade; e que, sucedendo ir um mais avisado, desde que satisfizera o seu apetite, se adormecera encostada a ele e, como a sentisse dormindo, se retirou como pôde, levando-lhe um anel que lhe tirara do dedo, coisa de grande valor e bem conhecido dos criados o dito anel; e o levara no dedo para sinal que a Dona Chamorra lho dera, para assim os enganar para que o deixassem passar os guardas, como se diz que passara; e, estando já livre, espertara Dona Chamorra e acudindo a mandá-lo chamar dizendo tornasse ali, dizendo «torna cá, fulano, que a dona chama», e, como parecendo-lhe que este a descobriria, se matara a si mesma.

Fonte Biblio VASCONCELLOS, J. Leite de Contos Populares e Lendas II Coimbra, por ordem da universidade, 1966 , p.625

Ano1758

Place of collection Torre De Dona Chama, MIRANDELA, BRAGANÇA

Informantepadre (M),

Narrativa

When

CrençaUnsure / Uncommitted

Classifications