Aparição

APL 1627

Uma tal Chamoinha, de Santa Leocádia, tinha prometido a romaria à Senhora das Neves por bem da alma do marido. Chegou a romaria; ela não pôde ir e mandou outra pessoa. Era ainda noite quando esta pessoa, que era da família, saiu para a romaria; e depois que esta saiu, viu a mulher entrar o marido que reconheceu perfeitamente, e que lhe disse: “É assim que tu cumpres o que me prometeste! Ora anda, minha bêbada, que não tardas a pagar-mas.” Não se sabe, porém, porque a alma do marido não pôde entrar na mulher; mas entrou numa neta, que o imitava na voz, em andar corcovada como ele, etc. Avó e neta ainda existem.

Fonte Biblio SARMENTO, Francisco Martins Antígua, Tradições e Contos Populares Guimarães, Sociedade Martins Sarmento, 1998 , p.116-117

Place of collection Briteiros (Santa Leocádia), GUIMARÃES, BRAGA

InformanteMargarida (F),

Narrativa

When XX Century,

CrençaUnsure / Uncommitted

Classifications