As bruxas

APL 995

Quando se queria saber quem eram as bruxas da aldeia, deitava-se um vintém na pia da água benta da igreja e, sempre que uma bruxa lá entrasse, ficava lá presa e só saía se alguém tirasse o vintém da pia.
 Certo dia, dois homens muito curiosos resolveram fazer esta experiência. Assim, num domingo, durante a missa, colocaram um vintém na pia da água benta. Quando a missa terminou, toda a gente saiu excepto três mulheres. Qual não foi o espanto dos dois homens ao depararem com três mulheres, alegadamente muito devotas e participativas na profissão dos actos cristãos. Eles pensaram que a forte devoção delas era para afastar qualquer suspeita de bruxaria.
 As bruxas ordenaram-lhes que tirassem o vintém da pia, como forma de as libertar, e ameaçaram-nos de morte caso eles divulgassem a alguém o sucedido.
 Eles, muito amedrontados, acataram a ordem das bruxas libertando-as e nunca mais foram curiosos.

Fonte Biblio AA. VV., - Literatura Portuguesa de Tradição Oral s/l, Projecto Vercial - Univ. Trás -os-Montes e Alto Douro, 2003 , p.B8

Ano2000

Place of collection Guiães, VILA REAL, VILA REAL

ColectorCélia Carvalho (F)

Narrativa

When XX Century, 90s

CrençaUnsure / Uncommitted

Classifications