As bruxas lavadeiras

APL 998

Nos tempos mais remotos, dizia-se que as bruxas lavavam a roupa de noite nos ribeiros.
 Uma noite, um homem que tinha um moinho, ficou de levar uns sacos de farinha a um cliente da aldeia onde um ribeiro passava. Ao aproximar-se com a mula depois de uma longa caminhada, ouviu bater roupa nas lousas do ribeiro. Não foi ver, pois estava sozinho e amedrontado. Quando entrou na aldeia, o povo perguntou-lhe:
 − Viste as bruxas a lavar no ribeiro?
 O homem respondeu:
 − Eu ver não vi. Mas ouvi a bater roupa nas lousas.
 As pessoas da aldeia andavam sempre a perguntar aos que vinham de fora se tinham visto ou ouvido as bruxas a lavar, pois era a única forma de as apanhar e descobrir quem eram.

Fonte Biblio AA. VV., - Literatura Portuguesa de Tradição Oral s/l, Projecto Vercial - Univ. Trás -os-Montes e Alto Douro, 2003 , p.B11

Ano2000

Place of collection-, PENAFIEL, PORTO

ColectorDirce Soares (F)

Narrativa

When XX Century, 90s

CrençaConvinced Belief

Classifications