Caminhos do diabo

APL 2576

Ainda hoje se acredita que é verdade, há um cruzamento na separação, na fronteira entre duas aldeias, há um cruzamento, são duas estradas, dois caminhos de terra batida, no fundo, que se cruzam e esses caminhos nunca foram supostamente feitos por ninguém, humanos, existiram desde sempre, portanto, a primeira coisa é que nunca foram feitos por Deus mas sim pelo Diabo. Então, quem passa nesse caminho à meia-noite em ponto, é tomado, pode ser tomado por almas penadas. Almas penadas são almas que não vão para o purgatório, não vão para o inferno, não vão para o céu, ficam aí a vaguear. Ainda hoje se acredita que quem passe lá à meia-noite sem se benzer é possuído pelo demónio ou por uma alma dessas, ou seja, é possuído pelo demónio ou por uma alma em grande sofrimento.

Fonte Biblio AA. VV., - Arquivo do CEAO (Recolhas Inéditas) Faro, n/a,

Ano2005

Place of collection-, CABECEIRAS DE BASTO, BRAGA

ColectorÂngela Valadas (F)

InformanteJaime Ferreira (M), 48 y.o., born at - (CABECEIRAS DE BASTO) BRAGA,

Narrativa

When XX Century,

CrençaUnsure / Uncommitted

Classifications