Carro da Condesseira

APL 1671

Também anda pelas aldeias. Conduz as bruxas e o diabo. As bruxas vêm dançando, mesmo dentro do carro, e passando por casas, onde espreitem o carro, atiram-lhes com o restelo às janelas. Só se vêem os dentes (marcas de dentes) do restelo, é claro. Uma octogenária de Santa Leocádia ouviu o estrondo do carro, e não é a única.

Fonte Biblio SARMENTO, Francisco Martins Antígua, Tradições e Contos Populares Guimarães, Sociedade Martins Sarmento, 1998 , p.236

Place of collection Briteiros (Santa Leocádia), GUIMARÃES, BRAGA

InformanteMargarida (F),

Narrativa

When XX Century,

CrençaUnsure / Uncommitted

Classifications