Cértoma (rio)

APL 1528

Dizem que o facto seguinte deu origem ao seu nome:
Passando por elle a rainha Santa Isabel, e querendo beber, lhe disseram que o não fizesse, que era agua de pessima qualidade, tanto para a gente, como para o gado que d’ella bebia. A Santa provou, e disse – «Cérto má!» – e ficou-lhe o nome: mas desde então por diante ficou sendo esta agua d’optima qualidade.

Fonte Biblio PINHO LEAL, Augusto Soares d'Azevedo Barbosa de Portugal Antigo e Moderno Lisboa, Livraria Editora Tavares Cardoso & Irmão, 2006 [1873] , p.tomo II, p. 253

Place of collection Fermentelos, ÁGUEDA, AVEIRO

Narrativa

When XIII Century,

CrençaUnsure / Uncommitted

Classifications