[Costureirinha]

APL 2588

A costureirinha é uma historia que eu desde miúda que eu ouvia em qualquer canto da casa, não era constantemente, era em certas horas em certos dias que nos ouvíamos um tic, tic, tic, tic… E depois começou-se a constar que era uma costureira que tinha morrido e que tinha deixado muitas promessas por pagar e que Deus que lhe deu de pena ela andar pelo mundo durante uns anos carregada com a maquina, a alma dela carregada com a maquina a mostrar a todas as pessoas que estava a pagar aquilo que não tinha cumprido. Ouvia-se! Qualquer pessoa em qualquer casa ouvia-se e todos diziam “aí a costureira andou hoje na minha casa” e ouvia-se mesmo, era exactamente o trabalhar de uma maquina de costura “tic, tic, tic, tic, tic” e depois o pousar da tesoura em cima da maquina e eu ouvia isto em miúda e já crescida, já tinha filhas e ainda ouvia isto…a tua mãe ainda se lembra. As minhas filhas ainda se lembram de ouvirem isso no quanto do quarto delas de vez em quando “Oh mãe lá está a costureira”; “deixa estar ela está a trabalhar!” e era assim… Mas depois passaram-se uns anos e agora já ninguém fala nisso porque deixou de se ouvir.. será que é uma lenda… é lenda mas não sei se é verdadeira se não é, mas deixou  realmente de se ouvir e diziam que era ela que andava a cumprir uma pena e se a deixou de cumprir não sei. São lendas que a gente não sabe se são verdadeiras se não são.

Fonte Biblio AA. VV., - Arquivo do CEAO (Recolhas Inéditas) Faro, n/a,

Ano2005

Place of collection-, COIMBRA, COIMBRA

ColectorSara Cabrita (F)

InformantePatrocínia Santiago (F), 78 y.o., born at - (COIMBRA) COIMBRA,

Narrativa

When XX Century,

CrençaUnsure / Uncommitted

Classifications