Da milagrosa Imagem de nossa Senhora da Conceição, que se venera em o mesmo Collegio

APL 3287

Era a Mãy de Deos em huma Imagem sua, que he a da Conceiçaõ de que agora tratamos, o remedio, & o augmento dos cadedaes de hũa pobre, & rustica mulher, cuja occupaçaõ, & trato era vender cousas comestiveis. Tinha esta hũa Imagem de nossa Senhora da Conceiçaõ, de vestidos, de altura de pouco mais de dous palmos; & tinha tanta fé com ella, que para fazer boa venda, nas cousas com que tratava, punha a Imagem da Senhora sobre ellas, ou fazia que a Senhora as tocasse, para que assim ficando bentas do seu contacto, se lhe vendessem logo: & tinha jà nesta materia tanta experiencia, que o mesmo era usar desta diligencia, que succederlhe como desejava. Advertio nisto hũa mulher virtuosa, & por tal avaliada na mesma Cidade de pessoas de muyta supposiçaõ, & desejou muyto que a mulher lah desse para a collocar em parte aonde fosse venerada; para isto lhe fez grandes instancias, estranhadolhe o q’ obrava, & taes cousas lhe disse, que a mulher tratante, sem embargo de reconhecer, que a Senhora era todo o seu remedio, não teve outro senaõ entregarlhe a Senhora.
    Tinha esta serva de Deos muyta devoçaõ com Santo Agostinho, & por seu respeito amava muyto aos seus filhos: & tanto que se vio com a Santa Imagem em seu poder, logo a inclinou o seu affecto a que a levasse ao Collegio do Santo Doutor, & que a entregasse a seus filhos, para que a collocassem em hum altar publico. Assim o fizeraõ, & deraõ as graças à Senhora, pois os hia buscar a elles. Collocada a Senhora no Altar, muyta gente tomou com ella devoçaõ; & nos favores que por meyo desta Santa Imagem alcançavaõ, reconheciaõ o muyto que o Ceo a estimava. O anno em que succedeo isto, & foy collocada, foy o de 1675. Os Religiosos daquelle Collegio procuravaõ servilla com todo aquelle culto, aceyo, & perfeiçaõ que podiaõ. Passáraõ alguns annos, obrando sempre a Senhora muytas maravilhas nos que a invocavaõ. Pelos annos de 1682. adoeceo hum Mestre do mesmo Collegio gravissimamente, & no mayor aperto da enfermidade, quando jà o consideravaõ sem algũas esperanças de vida, se encomendou à Senhora da Conceiçaõ, a qual lhe deu hũas melhoras taõ repentinas, que todos as tiveraõ por favor grande da Senhora. Com esta mercè feita naquelle Padre, cresceo a devoçaõ de forte, que se espalhou a fama por toda a corte; & o Padre Mestre cuidou muyto de ser agradecido, tratando logo de lhe fazer hũa Capella, a qual se vè hoje ricamente ornada.

Fonte Biblio AGOSTINHO DE SANTA MARIA, Fr. Santuário Mariano Alcalá, Imperitura, 2007 [1711] , p.Tomo I, Livro II, Título VIII, pp. 300-302

Place of collection-, LISBOA, LISBOA

Narrativa

When XVII Century,

CrençaUnsure / Uncommitted

Classifications