Da milagrosa Imagem de nossa Senhora dos Anjos da Villa da Lourinhã

APL 1450

Em 1490, uma mulher encontra uma imagem da Virgem sobre um loureiro. O pároco da vila tenta transportar a mesma para a freguesia, mas ela retorna ao seu lugar de origem, pelo que uma nova ermida é construída no local. Por volta de 1640, um padre, crendo que a imagem se encontrava viva, pica o pé da mesma com um alfinete, de onde sai uma gota de sangue. A experiência é repetida por outro clérigo, com os mesmos resultados. Ambos morrem pouco tempo depois [são dados os nomes e profissão de cada um].

Diz a lenda, que, pelos annos de 1640, dizendo missa no altar da Senhora um resoluto franciscano, muito virtuoso, do mosteiro de S. Sebastião da Piedade (Xabreganos) da mesma villa, chamado frei Sebastião da Piedade; lhe pareceu que a Senhora estava viva. Terminada a missa, e revestido como estava., subiu ao altar, e com um alfinete picou a ponta de um pé da santa imagem, do qual sahiu uma pinga de sangue.

Fonte Biblio AGOSTINHO DE SANTA MARIA, Fr. Santuário Mariano Alcalá, Imperitura, 2007 [1711] , p.tomo II, parte I, Ch. XXXI, pp. 107-110

Place of collection Lourinhã, LOURINHÃ, LISBOA

Narrativa

When1490

CrençaUnsure / Uncommitted

Classifications