[esponjinhos]

APL 2930

As cousas ai tudo a rolar chama-se esponjinhos. Há esponjinhos principalmente no verão. Andam à roda, à roda. Já até tem dado um estouro, que aquilo até mete medo. Um esponjinho ou barburino , já vi várias vezes. A quando se vêem essas cousas, fazer cruzes assim com os braços e diz a gente que é o diabo que lá anda, que lá anda no esponjinho: afasta-te demónio. No verão quando há esses esponjinhos esses barborinos, já tem alevantado molhos de palha por esses ares fora, e coisas secas que estejam em molhos. E molhadas avoam com elas.

Fonte Biblio SALVADO, Maria Adelaide Neto Remoínhos, Ventos e Tempos da Beira s/l, Band, 2000 , p.59

Ano1995

Place of collection Proença-A-Nova, PROENÇA-A-NOVA, CASTELO BRANCO

ColectorMaria Raquel do Carmo (F)

InformanteManuel Nunes (M), 81 y.o.,

Narrativa

When XX Century,

CrençaUnsure / Uncommitted

Classifications