Lenda da costureira

APL 2044

Quando era pequena no meu quarto ouvia sempre aquele barulho” tic tic tic tic” como quem coze a maquina e de vez em quando ouvia uma tesoura cair em cima da máquina.
 Ouvia pousar uma tesoura e eu disse assim a minha mãe:
 - “Oh mãe eu ouço isto assim, assim” e ela disse –“isso é a costureirinha que morreu e fez uma promessa a nossa senhora.
 A promessa era que fazia uma capa para a nossa senhora mas depois ela morreu e essa capa nunca foi feita.
 E então diz-se que ela andou a penar com a máquina toda a vida ás costas a cozer.

Fonte Biblio AA. VV., - Arquivo do CEAO (Recolhas Inéditas) Faro, n/a,

Ano2004

Place of collection-, TAVIRA, FARO

ColectorLiliane Gonçalves (F)

InformanteMaria Alzira dos Santos (F), 82 y.o., born at - (TAVIRA) FARO,

Narrativa

When XX Century,

CrençaUnsure / Uncommitted

Classifications