Lenda da Florípedes

APL 2148

Floripedes era uma mulher muito linda, alta, com um vestido muito comprido e com uma bacia de sangue. Os homens passavam para o mar e ela dirigiu-se para os homens:
 - Ó! Pega nesta bacia, leva o mar e não derrames pinga que eu dou-te dinheiro e caso-me contigo.
 Os pobres dos homens quando viam aquela mulher tão linda com aquelas saias a arrojar pelo chão e aquela bacia de sangue começavam logo a fugir e não queriam saber de riqueza, não queriam saber de nada. E depois esses com medo [iam para] dentro desse moinho outra vez. Ela saía desse moinho e metia-se dentro do moinho outra vez.

Fonte Biblio AA. VV., - Arquivo do CEAO (Recolhas Inéditas) Faro, n/a,

Ano2001

Place of collection Olhão, OLHÃO, FARO

ColectorAna Catarina Pedroso (F)

Informantemulher (F), 60 y.o., born at Olhão (OLHÃO) FARO,

Narrativa

When XX Century,

CrençaUnsure / Uncommitted

Classifications